No convívio da Academia do Bacalhau de Pretória foram oferecidos donativos às Igrejas de Santa Maria em Pretória West e The King Parish em Queenswood

0
66

 Com uma afluência a aproximar-se das 80 pessoas, entre as quais um bom número de senhoras, os sacerdotes Franciscanos Gilberto Teixeira e Lameque André Michangula da Igreja de Santa Maria dos Portugueses, em Pretória West, e Chris Townsend, da de Christ The King, de Qweenswood, e os presidentes, da Academia-Mãe, em Joanesburgo, José Contente e o seu vice-presidente Jorge Araújo, Mário Jorge da ACPP, e José Brunido da Casa do Benfica, teve lugar na tarde de quarta-feira última, 12 de Setembro, novamente no restaurante da ACPP, o almoço mensal da Academia do Bacalhau de Pretória.

 A abrir o convívio usou da palavra o presidente da Academia de Pretória, comendador Mário Ferreira, para depois das boas-vindas e agradecimentos à presença de cada um ali naquela tarde, voltando como sempre o tem feito nestas confraternizações, a apelar à generosidade de cada um, atendendo a que os fundos que se vão conseguindo nestes almoços, revertem como todos sabem, a favor da causa que todos devemos apoiar, como é a beneficência, no apoio aos mais carenciados.

 Para “carrasco” na aplicação de multas da praxe, foi nomeado o compadre Lino Faria, este que voltou a oferecer o pão caseiro confeccionado na sua “Meyerspark Bakery”, após o que foi iniciado o almoço, com o caldo verde servido à mesa, e a seguir o “self-service” que incluiu na sua ementa, além de petiscos como moelas de galinha, rissóis de camarão, bolos de bacalhau, samusas, e o bacalhau confeccionado em duas modalidades, assado e à Gomes de Sá, com os respectivos acompanhamentos, e por último a doçaria para sobremesa.

 De referir também as muitas garrafas de licor “Creme de Pastel de Nata”, com o emblema do Vitória de Guimarães estampado no rótulo da garrafa, à disposição de cada pessoa, mediante a oferta de donativo, que a juntar ao preço do almoço e à aplicação de multas da praxe nestes almoços, o convívio voltasse a deixar um lucro satisfatório, de maneira a poder continuar ser ajudada a nobre causa humanitária, como tem sido o lema dos presidentes que têm passado por esta Academia, e nesse aspecto o comendador Mário Ferreira como grande benemérito tem reforçado, procedendo ali, com esse mesmo objectivo, a um curioso leilão.

 Mediante fortes aplausos do grande número de pessoas presentes no convívio, e nes-te aspecto Mário Ferreira pode-se orgulhar de conseguir sempre boas afluências aos almoços que vai promovendo, anunciou ali como donativos, cinquenta mil randes à igreja de Santa Maria dos Portugue-ses, em Pretória West, e de vinte mil à de Christ The King Parish, em Queenswood, como é do conhecimento geral qualquer delas a ser frequentada por muitos dos portugueses radicados em Pretória, e estes gestos humanitários além de muito apreciados, põem à prova como muito importante, a generosidade da nossa comunidade.