Nelson Mandela é o novo nome do aeroporto internacional da Cidade da Praia, capital de Cabo Verde

0
35
Nelson Mandela é o novo nome do aeroporto internacional da Cidade da Praia, capital de Cabo Verde

O Governo de Cabo Verde atribuiu o nome “Nelson Mandela” ao Aeroporto Internacional da Cidade da Praia, em homenagem aos 20 anos da libertação do homem que combateu o apartheid e foi Presidente sul-africano. 

 A decisão foi divulgada na sexta-feira num comunicado relativo ao Conselho de Ministros de quinta-feira, em que o Executivo de José Maria Neves apresenta um conjunto de justificações para a alteração, depois de o Governo já ter dado o nome de Aristides Pereira ao aeroporto da Boavista e o de Cesária Évora ao de São Vicente. 

 Além dos 20 anos passados sobre a libertação de Mande-la, a celebrar a 8 de Fevereiro de 2012, o Governo argumenta que a data proporciona uma “magnífica oportunidade” para se render uma “vibrante homenagem” à personalidade “marcante da História da África e do Mundo, ícone incontestável da luta pela liberdade” no planeta. 

 “O seu exemplo cimeiro de lutador tenaz e de humanista, bem como o seu decisivo papel como Estadista obreiro da nova África do Sul sob o signo do arcoíris da igualdade, tolerância e liberdade, são traços de um percurso que é dos mais notáveis da História Contemporânea”, lê-se no documento.
 Para o Governo, associar o nome de Mandela ao aeroporto da capital de Cabo Verde “é um gesto que vincula a vocação e o desígnio” de um país “aberto ao mundo, historicamente palco do cruzamento de povos e do diálogo entre culturas”. 

 Nesse sentido, garante o comunicado, Cabo Verde é um Estado apostado numa África da democracia, desenvolvimento e liberdade, “valores supremos pelos quais Mande-la dedicou toda a sua vida, consentindo sacrifícios extremos”.

* Fonte de inspiração

 “Mandela afirmou-se como um exemplo maior e fonte de inspiração para gerações do mundo inteiro, mas especialmente do nosso continente”, lê-se no documento governamental, que diz esperar que a decisão possa contribuir para incentivar os jovens a um maior interesse pela história do continente africano. 

 Considerando que a decisão traz para mais perto dos cabo-verdianos o “património da humanidade que é Mandela”, o Governo salienta que a medida constitui um “marco relevante” nas relações entre Cabo Verde e a África do Sul, país “eleito como uma das âncoras da estratégia de transformação”.
 O Governo cabo-verdiano diz acreditar que, “sob a marca luminosa de Mandela”, o Aeroporto Internacional da Cidade da Praia vai afirmar-se cada vez mais como um “ponto de referência e de prestígio” no cruzamento de continentes e de povos. Após a morte de Aristides Pereira, em Setembro de 2011, o Executivo cabo-verdiano atribuiu o nome do primeiro Presidente do país (1975/1991) ao aeroporto da ilha da Boavista, de onde era natural.

Em fins de Dezembro de 2011, face à morte da cantora Cesária Évora, natural do Mindelo, o Governo optou por homenageá-la com a atribuição do nome da mais conhecida artista cabo-verdiana ao aeroporto internacional de São Vicente.