Natal dos Idosos na União Portuguesa

0
103
Natal dos Idosos na União Portuguesa

Natal dos Idosos na União PortuguesaA União Cultural, Recreativa e Desportiva Portuguesa ofereceu a cerca de três centenas de idosos, convidados e beneméritos um Almoço de Natal que se efectuou no recinto do pavilhão da sua sede, em Turffontein.

O rev. Padre Miguel Lemos procedeu à benção dos alimentos do convívio. Na sua intervenção de boas vindas, o presidente da Direcção unionista, Victor Garrana, proferiu o seguinte discurso:
  “Boa tarde a todos, e bem vindos a mais um almoço de Natal dedicado aos nossos queridos cidadãos da Terceira Idade nesta nos-sa sede da União Cultural, Recreativa e Desportiva Portuguesa.

  Espero que este encontro social mais uma vez seja cheio de alegria e bem estar para todos.
Gostava agora de agradecer as seguintes presenças:
  Embaixador de Portugal na África do Sul, dr. João Ramos Pinto e esposa; adido social do Consulado Geral de Portugal em Joanesburgo, dr. Gonçalo Capitão; dr. José Nascimento; director do Século de Joanesburgo, Varela Afonso; comendador e presidente da Academia do Bacalhau de Joanesburgo, Rudy Gallego e esposa; comendador Fernando Marques e esposa; comendador Gilberto Martins e esposa; comendador Gilberto Leal; conselheiro da Comunidade,  Silvério Silva e esposa; Adriano Leão, presidente honorário da Academia do Bacalhau de Joanesburgo.
  As vossas presenças contribuem para criar laços de amizade e, evidentemente, demonstram o apoio que existe na nossa comunidade. Um grande obrigado!

  É com certeza difícil de explicar quantas horas de dedicação são precisas para o sucesso de um pequeno banquete como este, mas mais difícil é agradecer devidamente a dedicação dada para este se realizar.  A José Luis e Mel, completados por Nela/Luisa/Paula/Lia e equipa de Jovens não só enfeitaram o pavilhão mas tiveram um número de iniciativas que merecem profundo reconhecimento. A Durvalino e Bina, o carinho que deram à nossa refeição de hoje. A um benemérito que várias vezes me faz lembrar que este encontro anual nunca devia deixar de se realizar por falta de bacalhau, as suas palavras e contribuições de bacalhau e vinhos reflectem o carinho de outro grande amigo da União, José Gonçalves. A José João Abreu/Rui Carolo/José Soares/Raúl Martins/André Silva/José Gonçalves, a nossa gratidão pela generosidade dos vossos donativos.

  Seria uma injustiça agora tentar explicar das tarefas e inúmeras outras acções tomadas por sua iniciativa e que contribuem para o sucesso deste almoco, ao meu colega da Direcção, José Valentim;
a Francisco Gonçalves a sua contínua dedicação a esta colectividade e mais uma vez demonstrada pela sua preocupação e es-forços para o sucesso de mais uma celebração da União.
  Ao conjunto Kyola, Pedro e Rocky, que sempre atendem aos pedidos da União. Para todos, que contribuiram para esta festa, e que porventura o nome não tenha sido referido, o nosso apreço e gratidão.

  Os Directores da Comissão Administrativa desta colectividade, José Valentim, Carlos Borges, Victor Salazar e António Calvário, aqui vos agradeço por mais um ano de sucesso na União.

  A todos mais uma vez Muito Obrigado!
  Desejo a todos vós um Feliz Natal e um Próspero ano 2011”.
  Ao usar da palavra, o embaixador Ramos Pinto agradeceu o convite da União Portuguesa e confessou-se sensibilizado com o convivio, que reuniu no pavilhão desportivo da colectividade cerca de 300 pessoas, entre idosos, carenciados e benfeitores. O chefe da representação diplomática portuguesa na África do Sul elogiou o dinamismo associativo dos elementos directivos da União, que retiraram a instituição de uma anterior fase de estagnação, e felicitou-os pela iniciativa de solidariedade social em que se sentia muito honrado por participar.
  Pelo facto do evento se integrar no espírito da época natalicia e num quadro de união entre portugueses, o embaixador desejou a todos os presentes e às suas famílias um bom Natal e um feliz Ano Novo, não sem contudo adiantar que o próximo ano se preveja caracterizado por algumas dificuldades”.