Moeda moçambicana desvaloriza 10%

0
57
Destaque

Uma equipa do Fundo Monetário Internacional (FMI) chegou a Maputo para tentar solucionar a crise da dívida soberana com que Moçambique se debate.

 O FMI cancelou a visita programada para Abril passado, depois de as autoridades moçambicanas terem confirmado a existência de empréstimos contraídos por empresas públicas com o aval do Estado e suspendeu o desembolso de 165 milhões de dólares, a segunda parcela de um crédito de emergência de 286 milhões de dólares.

 A moeda moçambicana, o metical caiu 10% para um valor recorde de 66 meticais contra o dólar, uma queda que vai alimentar a inflação, actualmente a rondar 18,3% em termos homólogos e 8,6% em termos anuais.

 O Banco de Moçambique, ao divulgar há dias o relatório da reunião da Comissão de Política Monetária, informou que a cotação alcançada pelo dólar no último dia de Maio – 58,22 meticais – significava que a moeda moçambicana desvalorizou-se 9,42% em termos mensais e 68,61% em termos anuais.