Moçambique passou a deter 92,5% do capital de Cabora Bassa

0
99
Moçambique passou a deter 92,5% do capital de Cabora Bassa

O Estado moçambicano passou a deter 92,5% do capital da Hidroeléctrica de Cabora Bassa na sequência da conclusão formal do acordo de transferência da participação de 7,5% ainda detida pelo Estado português, no decurso de uma reunião ministerial em Maputo.

Na reunião, que envolveu os ministros da Energia de Moçambique, Salvador Namburete e da Economia e Emprego de Portugal, Álvaro Pereira, foi formalizada a transferência das acções detidas pelo Estado português.

 Os restantes 7,5% encontram-se nas mãos da Redes Energéticas Nacionais (REN), empresa que recentemente passou a ser controlada pelo grupo China State Grid Corp, no âmbito do processo de privatização decidido pelo governo português.

 O negócio ficou concluído com a transferência de 42 milhões de dólares para Portugal, dinheiro que o governo de Moçambique obteve de empréstimo na banca comercial moçambicana, em condições não-divulgadas.

 No final do encontro, os dois ministros assinaram uma declaração conjunta, em que comprometeram os dois Estados na realização de acções conducentes à internacionalização das respectivas empresas de energia e destacaram “o interesse mútuo no aproveitamento de oportunidades de investimento” em Moçambique.