Missão empresarial de Moçambique participa na Feira Internacional de Macau

0
76
Moçambique

MoçambiqueO instituto de Promoção de Exportações (Ipex), o Centro de Promoção de Investimen-tos (CPI), a Confederação das Associações Económicas de Moçambique (CTA) e a Câmara de Comércio de Moçam-bique (Cacomo) preparam uma missão empresarial a Macau e à China Continental durante o próximo mês de Outubro.

Fonte do Centro de Promoção de Investimentos (CPI), disse que a participação de Moçambique na Feira Internacional de Macau, entre os dias 22 e 25 de Outubro, tem como objectivo estabelecer contactos com empresários chineses, visando a busca de oportunidades de negócios nos sectores de comércio, indústria, tecnologias, investimento e turismo.

 Para além da participação da missão empresarial de Mo-çambique na Feira Interna-cional de Macau, os homens de negócios de Moçambique vão visitar as feiras de Shen-zhen, na fronteira com Hong Kong, Hangzhou e Yiwu, na província de Zhejiang.

 A China tem se revelado nos últimos 15 anos um parceiro estratégico de Moçambique em vários sectores, sendo de destacar o envolvimento de empresas chinesas no sector de construção civil.

 Durante o corrente ano já se deslocaram a Moçambique duas missões comerciais chinesas para contactos exploratórios com as entidades de promoção de investimentos no país.
 A China está entre os dez países maiores investidores em Moçambique.

 No sector da banca, de realçar a presença de investidores do Macau no Moza Banco, um projecto que conta com a participação de Stanley Ho, magnata de casinos atra-vés da Geocapital e de um grupo de moçambicanos que detêm 51 por cento do capital do banco.