Ministério português da Agricultura reduziu nomeações em 30%

0
69
Ministério português da Agricultura reduziu nomeações em 30%

Ministério  português da Agricultura reduziu nomeações em 30%O ministério da Agricultura declarou que reduziu em 30 por cento as nomeações das equipas ministeriais por comparação com o anterior Governo. O ministério liderado por Assunção Cristas fez um total de 85 nomeações, que comparam com 121 do anterior Executivo, dizem dados revelados pela tutela.

 Foram nomeados pelo actual Governo cinco chefes de gabinete, 38 assessores, 11 secretários, 21 trabalhadores de apoio administrativo e dez motoristas.

 Nos casos do secretariado e apoio administrativo os funcionários "já faziam parte dos quadros" dos ministérios.

 Os dados dizem respeito ao actual ministério da Agricultura, Mar, Ambiente e Ordenamento do Território e comparam com o ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas mais o ministério do Ambiente e Desenvolvimento Rural do anterior Governo.

 No que refere ao gabinete de Assunção Cristas, "a redução ainda vai mais longe", diz o ministério, passando a ministra a trabalhar com 23 funcionários ao contrário de 45 trabalhadores do anterior Executivo, uma descida de cerca de 50 por cento.