Mineiros moçambicanos vão receber em randes

0
59
Mineiros moçambicanos vão receber em randes

Os mineiros moçambicanos na África do Sul vão receber as suas remessas em Moçambique em moeda sul-africana. Moçambique tem cerca de 30 mil trabalhadores nas minas da África do Sul, que remetem 50 milhões de randes por mês para o seu país, através do processo de pagamento diferido, que se encontra em vigor há mais de 50 anos.

 O processo consiste na retenção na fonte de 60 por cento do salário de cada mi-neiro a partir do sétimo mês do contrato de 12 meses.

 Até agora, o dinheiro era enviado para Moçambique, onde o mineiro recebia em moeda nacional, depois do contrato, seguindo um acordo entre Portugal e a África do Sul assinado em 1964 para garantir a poupança do trabalhador e controlado pela Delegação do antigo Instituto do Trabalho de Moçambique em Joanesburgo.

 Mais recentemente, os mineiros exigiram ao Governo moçambicano que fossem pagos em randes, devido à fragilidade do metical face à moeda sul-africana.

 O governo moçambicano cedeu à pressão, mas quer que todos os mineiros tenham contas bancárias em Moçambique. O grande desafio será garantir que todos os mineiros tenham acesso ao rand nos bancos comerciais em distritos fora de Maputo.

 O banco central de Moçambique acredita que todos os mineiros irão trocar os seus randes no mercado oficial nacional.