Mineiro moçambicano alegadamente morto por colegas grevistas na África do Sul

0
106
Mineiro moçambicano alegadamente morto por colegas grevistas na África do Sul

O corpo sem vida de um mineiro moçambicano foi encontrado num campo próximo da mina de platina de Amandebult, da empresa Anglo America Platinum (Amplats), no norte da África do Sul, disseram fontes da empresa e da polícia.

 A coronel Ronel Otto, porta-voz da polícia sul-africana, que confirmou a nacionalida-de moçambicana do mineiro, referiu que tudo indica que a vítima terá sido assassinada por um grupo de colegas grevistas que atacaram igualmente outros mineiros que se têm apresentado ao trabalho desde o início da paralisação daquela mina.

 Segundo aquela responsável, o mineiro morto, de 56 anos, cuja identificação não será tornada pública até a família ser informada do incidente, foi atacado na noite de segunda-feira, quando regressava a casa depois de terminar o seu turno na mina.

 Num outro incidente ocorrido na segunda-feira, 22 pessoas foram detidas na sequência de confrontos violentos entre grevistas da Amplats, polícias e seguranças da empresa, aguardando em detenção até serem presentes a tribunal em data ainda a confirmar pelas autoridades.

 Quase todas as minas operadas pela Amplats em Rus-tenburg, província do Noroeste, e em Thabazimbi, no Limpopo, a norte, estão paralisa-das parcial ou totalmente há oito semanas em consequência de uma greve decretada pelos próprios mineiros, à se-melhança do que aconteceu nas minas da Lonmim em Marikana em agosto, e que deu origem à morte de mais de 40 mineiros, polícias e seguranças em diversos confrontos.

 A Anglo America Platinum tem tentado convencer os mineiros a regressarem ao trabalho depois de um acordo global para o sector ter sido assinado entre a Câmara das Minas e os sindicatos há duas semanas, colocando em cima da mesa uma oferta extra de um bónus de 2 mil rands (178 euros), acrescido de outro bónus do mesmo valor por “lealdade” mal regressem, mas mesmo assim as minas continuam paralisadas, com exceção do sector de manu-tenção de equipamentos.