Milão incisivo, em contra-ataque derruba Barcelona

0
31
Milão incisivo, em contra-ataque derruba Barcelona

Uma explêndida exibição defensiva, à qual se juntaram golos de Kevin-Prince Boa-teng e Sulley Muntari apontados na segunda parte, ajudaram o AC Milão a vencer o Barcelona, por 2-0, na primeira mão dos oitavos-de-final da UEFA Champions Numa primeira parte atípica para o Barcelona, o Milão concedeu a posse de bola aos visitantes e, jogando no erro do adversário mediante uma defesa muito agressiva e a jogar no limite da falta, conseguiu anular as investidas de Lionel Messi e companhia. E tão bem o fez que foi preciso esperar até aos 20 minutos para ver um remate dos catalães. Foi de Xavi Hernández de fora da área.

 O Milão defendia com nove homens mas foi quem mais perto esteve do golo.

 Com os catalães a tentarem empurrar os milaneses para a sua área, ora através das incursões de Messi ora através dos cruzamentos de Jordi Alba e de Daniel Alves.

 Após o intervalo, mais do mesmo, com os milaneses a jogar no erro do Barcelona e a adiantar-se no marcador num lance de felicidade, aos 57 mi-nutos: o remate de Massimo Ambrosini, após livre batido por Kévin Constant  desviou em Cristián Zapata e sobrou para Boateng, da entrada da área, bater Víctor Valdés. 

 O Barcelona reagiu, procurou ser mais veloz nas acções e ousado no remate e Iniesta (76) e Xavi (80), este de bola parada, fizeram soar as campainhas em Milão.

 Contudo, novamente em contra-ataque, os locais aumentaram a vantagem (81), numa jogada que passou do recém-entrado M’Baye Niang para El Shaarawy cuja visão fez a bola chegar a Muntari para um remate cruzado a fazer o 2-0 e matar o jogo.

De uma muralha defensiva criada em torno de Christian Abbiati, o Milão fez nascer um resultado que coloca o Barcelona em muito maus lençóis pois só pode esperar um adversário a jogar da mesma forma em Camp Nou na partida da segunda mão.