Manny da Canha da Hyundai oferece à SPB da África do Sul carrinha de luxo

0
145
Manny da Canha da Hyundai oferece à SPB da África do Sul carrinha de luxo

Manny da Canha da Hyundai oferece à SPB da África do Sul carrinha de luxoConstituiu um grande sucesso a realização do Magusto da Sociedade Portuguesa de Beneficência da África do Sul que se efectuou no fim de semana nos terrenos da SPB, em Albertskroon, norte de Joanesburgo, tendo-se esgotado a totalidade da meia tonelada de castanhas trazidas expressamente de Portugal.

 Ontem, domingo, mais de 3.000 visitantes participaram no festival, que abriu com um almoço comemorativo, onde o presidente da Direcção da SPB, comendador Bernardino Macedo Faria, fez uma intervenção alusiva, após o que o dr. João Ramos Pinto, embai-xador de Portugal na África do Sul, dirigiu-se à Comunidade Portuguesa e ao público de outras nacionalidades ali presente.

  O conjunto Kyola, constituído por Pedro Rocha e Rocky Pereira, abrilhantou a tarde musical e o baile que se seguiu, tendo Tarryn Rego actuado em números de “belly dance” (dança do ventre); a cançonetista Gina interpretou vários números do seu reportório, que logo no início dedicou a todos os presentes; o Grupo Folclórico Terras do Norte exibiu-se com Chula de Viana, Senhor da Pedra, Primavera, Caninha Verde, Picadinho, Rusga, e Vira de Vila Verde, tendo na saída recebido calorosa ovação; interessante foi também a actuação do gru-po espanhol de bailados “Color de España”, dirigido pela professora sul-africana Cheryl e que integra as dançarinas Raquel (portuguesa), Eleanora (espanhola) e Ilana (sul-africana), vibrantemente aplaudido pela assistência; o Rancho Folclórico do Troyeville/Núcleo de Arte e Cultura que actuou com a entrada Ai que Riso, seguindo-se Vira da Apúlia, Chula de Viana, Malhão Solto, Verdegar, Chula Batida e saída com Fado, re-cebeu igualmente calorosas palmas; e, finalmente, a encerrar o programa de varie-dades artísticas, o duo de dançarinos Margarida da Silva (ex-Miss West Rand) e Andrew de Freitas, do studio Dance for Life Academy, que interpretaram números de salsa e merengue, também distinguidos com vibrante ovação.

 Mais uma vez realizou-se a descida dos paraquedistas Ricci Buclers (salto 4850) e Grahan Field (salto 4815), ambos do Skydive Rustenburg.
 Na sua intervenção, o comendador Bernardino Faria, começou por saudar os diplomatas dr. João Ramos Pinto, embaixador de Portugal na África do Sul e esposa Maria Ana Cabral Moncada, e dr. Gonçalo Capitão, adido social do Consulado Geral de Portugal em Joanesburgo e esposa; vereador Barry Friedman, do Desenvolvimento Económico Local e de Turismo de Mogale City, em Krugersdorp; Varela Afonso, presidente do Board of Trustees da Sociedade Portuguesa de Beneficência e director do Século de Joanesburgo; José de Castro, Induna, conselheiro de Sua Alteza Real o Rei Zulu, Goodwill Zwelitini; dr. Jorge Albuquerque Ferreira, director central da Direcção de Não Residentes do Banco BPI; dr. Fausto Reis, director comerci-al do Banco BPI; Idelfonso Vieira, director do Private Bank Internacional/Banco BPI; Tia-go Ladeiras, promotor comercial do Banco BPI, e esposa; Ramiro Sebastião, representante do Escritório do Banco BPI na África do Sul; dra. Lina Pires, directora do Banco Espírito Santo; Lourenço Perry Vidal, responsável de Mercado, Banco Espírito Santo; Alino Pereira, gestor do Banco Espírito Santo; Paulo Alfaiate, representante do Escritório BES na África do Sul, e esposa; João Rodrigues, representante do Banco Millennium BCP Grupo na RSA; dr. Júlio Lopes, director executivo do Mercantile Bank; Rudy Gallego, presidente da Academia-Mãe do Bacalhau de Joanes-burgo; José Salvador Rodrigues, director das Relações Públicas da Academia do Bacalhau de Rustenburg; Adriano Leão, presidente honorário da Academia do Bacalhau de Joanesburgo e coordenador do Luso Trust Fund; rev. Padre Lemos, capelão do Lar da Rainha Santa Isabel; Prof. André Thomashauen, professor de Direito Internacional, e esposa; advocate Hennie Keyter, consultor jurídico da SPB, e esposa; membros da Direcção e residentes do Lar da Terceira Idade da Socieda-de Portuguesa de Beneficência.

 O orador agradeceu a generosidade dos donativos do Banco BPI, do Millennium BCP, do Banco Espírito Santo, do Mercantile Bank, bem como os donativos da Academia do Bacalhau de Rustenburg, os beneméritos do I e II Quadros de Honra, e o arranque do III Quadro de Honra.
Teve uma palavra de singela gratidão para com a contribuição do Induna José Mateus de Castro bem como o donativo de José Gonçalves.
 Anunciou que a SPB tem já prontas 30 casas no bairro social, implantadas onde antes eram os campos de râguebi, disponíveis para ocupação.
 Referiu ainda que Manny de Canha, da Hyundai, ofereceu uma carrinha de luxo para o transporte dos idosos da SPB, encontrando-se agora aquele benemérito no Japão, onde diligenciará angariação de fundos para a Sociedade Portuguesa de Beneficência da África do Sul.

 Bernardino Faria convidou depois o embaixador de Portugal a dirigir-se aos presentes, tendo o dr. João Ramos Pinto agradecido o “convite que lhe fora feito e à sua mulher para estar ali presente”, manifestando “a alegria de conviver com os nossos compatriotas e cidadãos de outras nacionalidades naquele evento de solidariedade. Apelou a que “continuemos unidos para sermos mais fortes nestes tempos  de situação difícil da economia na África do Sul” e desejou a todos “votos de quadra festiva feliz do Natal e Ano Novo 2011 muito próspero”.