Mandela galardoado com o “Prémio Geremek por Actos Notáveis para a Promoção da Democracia”

0
146
Nelson Mandela

Nelson MandelaO antigo sul-africano e símbolo da luta contra o apartheid, Nelson Mandela, foi este ano a figura homenageada pela Comunidade das Democracias, uma organização intergovernamental de países democráticos criada há nove anos.

Tendo sido distinguido ontem, domingo, com o Prémio Geremek de Promoção da Democracia, no âmbito da reunião ministerial que culminou a presidência portuguesa da Comunidade das Democracias. Nelson Mandela não pôde estar presente na cerimónia, pelo que o “Prémio Geremek por Actos Notáveis para a Promoção da Democracia” foi entregue pelo presidente da Assembleia da República portuguesa, Jaime Gama, ao vice-ministro sul-africano das Relações Internacionais e Cooperação, Ismail Ibrahim, seu representante, que anunciou que o dia 18 de Julho, data de aniversário de Mandela,  lhe vai ser internacionalmente consagrado.

A cerimónia foi co-presidida pelo presidente da Assembleia da República, Jaime Gama, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Luís Amado, pela ex-secretária de Estado norte-americana Madeleine Albright e pelo chefe da diplomacia polaca e amigo de Geremek, Radoslaw Sikorski. Bronislaw Geremek, académico e político morto a 13 de Julho de 2008 num acidente de viação, foi uma das principais figuras da oposião ao comunismo na Polónia, tendo sido um dos membros fundadores do movimento Solidariedade e, em 1989, um dos artesãos do acordo para a transição pacífica para a democracia.