Literatura portuguesa no centro da Festa do Livro e da Cultura de Medelín na Colômbia

0
77

A 14.ª edição da Festa do Livro e da Cultura de Medelín, que terminou ontem, 11 de Outubro, naquela cidade colombiana, realizou-se este ano de forma virtual, centrada na cultura portuguesa e sob o tema da “Diáspora”, anunciou a Cátedra Pessoa.

  Portugal esteve presente em quatro eventos da festa literária, em emissões ao vivo no canal de Youtube, mas também através do Facebook.

  Organizada com a colaboração da Cátedra de Estudos Portugueses Fernando Pessoa e o Leitorado Bogotá, de língua e cultura portuguesas, localizados na capital colombiana, a Festa do Livro e da Cultura esteve aberta este ano à participação de qualquer parte do mundo.

  O tema central foi a “Diáspora”, uma reflexão sobre um termo que muitas vezes se pensa distante, mas que, “na verdade, é parte da nossa identidade”, como afirmou a directora do evento, Ana Piedade Jaramillo: “A nossa riqueza cultural está na diversidade e isso nos torna únicos”.

  A poeta portuguesa Patrícia Lino participou em “Conversas da tarde” com a crítica e curadora Sol Astrid Giraldo, a artista visual e escritora Verônica Gerber Giecci, e a gestora cultural Stefanía Rodriguez.

  Também foi exibido um painel subordinado ao tema “Ver com outros olhos. Ecos de outros artistas no próprio trabalho” contou com a participação do escritor Gonçalo M. Tavares, que esteve à conversa com o também escritor Pablo Montoya e a jornalista Ana Cristina Restrepo.

  Seguiu-se uma conversa entre o professor e investigador Jerónimo Pizarro, responsável pelo resgate e edição de dezenas de obras de Fernando Pessoa, e a poeta colombiana Lucia Estrada. Ambos falaram sobre uma antologia poética de Alexandre O’Neill, “Acordeón”.

  Jerónimo Pizarro foi também o responsável pela selecção, tradução e prefácio desta obra, uma novidade da Fondo de Cultura Económica (FCE) – Columbia.

  Na tarde de ontem, 11 de Outubro, a escritora Dulce Maria Cardoso e a escritora e argumentista Isabel Botero conversaram com Jerónimo Pizarro sobre a errância das suas personagens, num painel intitulado “Passageiros em transe. Não importa para onde vamos, transportamo-nos sempre uns aos outros”.

  Todos os eventos foram transmitidos através do YouTube da Festa do Livro e atualizados na pagina de Facebook da Cátedra Pessoa.

  Esta iniciativa contou com o apoio da Embaixada de Portugal na Colômbia, do instituto Ca-mões e da Universidade dos Andes.