Leões disputaram a final da primeira edição da Cape Town Cup 2015

0
47
Leões disputaram a final da primeira edição da Cape Town Cup 2015

O Sporting Clube de Portugal esteve na Cidade do Cabo para disputar entre os dias 24 e 26 de Julho de 2015 um torneio quadrangular intitulado “Cape Town Cup 2015”, onde participaram as equipas do Crystal Palace, da Premier League inglesa, o SuperSport United e a equipa anfitriã, o Ajax Cape Town, ambas da Premier League Sul-Africana.

 

* Apresentação das equipas e do troféu

 

 Na Quinta-feira, 23 de Julho, teve lugar no Table Bay Hotel, estabelecimento hoteleiro onde as equipas visitantes ficaram hospedadas, a primeira conferência de imprensa para a abertura oficial do torneio da “Cape Town Cup 2015.” Serviu também para apresentar as equipas intervenientes e o troféu oficial do torneio a ser disputado.

 O mestre-de-cerimónias, apresentou cada interveniente e o primeiro da mesa da conferência de imprensa a falar foi o councillor Gareth Bloor, representante do governo da Cidade do Cabo. Afirmou que “em nome da Cidade do Cabo, quero agradecer aos media pela resposta fenomenal que deram, aos fãs e a todos os intervenientes, por apoiarem o evento e estarem presentes.” “Não me vou alongar, por isso só quero dizer que penso que iremos ter um grande evento”, terminou o governante.

 O mestre-de-cerimónias colocou depois algumas perguntas aos técnicos das quatro equipas, o primeiro a falar foi treinador do Crystal Palace. Quanto às preparações e espectativas do torneio da pré-época, Alan Pardew afirmou ter todos os seus jogadores internacionais disponíveis e um plantel sem lesões. Referiu que estavam a ser ultimadas naquele dia algumas contratações e que os preparativos para a época 2015/16 estavam a correr bem. Re-ferente ao torneio e à estadia na África do Sul, assegurou haver no balneário inglês um bom ambiente, uma moral alta e que para o Crystal Palace era um honra fazer parte das quatro equipas ali presentes, pois o convite, foi o resultado do trabalho árduo que o clube tem desenvolvido aos longo de anos recentes.

 Por sua vez, o treinador do SuperSport United e ex-seleccionador nacional sul-africano, Gordon Igesund afirmou saber que o jogo frente ao Crystal Palace seria uma partida difícil, “frente a uma equi-pa de elevadíssima qualidade”. Acrescentou que estavam previstas as inserções de dois jogadores neozelandeses e de um australiano no plantel do SuperSport United.

 A pergunta colocada ao técnico luso-sul-africano Rogério de Sá, filho de Octávio de Sá antigo guarda-redes do Sporting Clube de Portugal, se com um plantel muito jovem e face a uma equipa de topo europeia, não receava pelo resultado. O treinador do Ajax Cape Town afirmou simplesmente que “não. Será um teste difícil para nós, para o nosso plantel jovem e com toda a certeza um subir de nível para nós. Mas certamente que iremos dar um bom espectáculo”

 Por último, foi perguntado a Jorge Jesus, o actual técnico leonino, quais eram as suas espectativas para o torneio e do Sporting Clube de Portugal. O técnico bicampeão nacional pelo Sport Lisboa e Benfica afirmou que “as espectativas para a equipa do Sporting são as melhores. “Temos muita honra de estar presentes, este torneio é para nós um trabalho de pré-epoca e encaramos estes dois jogos seriamente. Penso que o Sporting tem à sua frente um futuro brilhante e isso passa pela preparação que aqui estamos a fazer”, finalizou Jorge Jesus.

 O mestre-de-cerimónias agradeceu aos intervenientes e terminada a comunicação oficial de imprensa, o troféu foi revelado por todos os técnicos e capitães das equipas.

 

* ENTREVISTA COM  O PRESIDENTE  DO SPORTING

 

 Seguidamente, foram dados quinze minutos de entrevistas à comunicação social e embora o Século de Joanesburgo não conseguiu falar directamente com o técnico do Sporting Clube de Portugal, conseguiu falar com o presidente leonino, Bruno de Carvalho.

  Seculo Joanesburgo: O que é que para o Sporting é mais importante nesta altu-ra?

 Bruno de Carvalho: Em primeiro lugar quero-lhe agradecer a pergunta do que é que para nós é mais importante. E, o mais importante para nós é que toda a gente venha e encha o estádio! Estejam com as equipas. É a oportunidade de verem grandes, grandes equipas jogar. Não só as equipas da casa, que é importante como é obvio, mas as grandes equipas que vieram aqui. Um dos factores mais importantes para Cape Town e para todos os Portugueses em Cape Town e todos os moradores desta cidade, é o sucesso desta organização. É para isso encher o estádio é fundamental!

 SJ: E as preparações da pré-época e que importância tem este torneio na épo-ca do Sporting?

 BdC: É para nós importante…estamos em preparação. Temos no dia 9 de Agosto – como toda a gente sabe – logo uma primeira competição para um título, o que significa que esta competição assume um caracter mais importante, porque para nós Sporting Clube de Portugal é importante começar bem, é indispensável que a equipa assimile aquilo que o treinador pretende. Tem-se visto isso aliás dia-a-dia e não tenho dúvida nenhuma que vai ser um torneio muito importante e muito interessante para todos aqueles que assistirem, porque da parte do Sporting vamos estar na máxima força porque queremos estar preparados para o incio das competições dia 9 de Agosto e logo a seguir o inicio do campeonato nacional português e os play-offs da Liga dos Campeões, este último, outro objectivo fundamental por isso não tenho dúvida nenhuma que irá ser um grande torneio.

 SJ: Este torneio ajudará também a preparar mentalmente a equipa para os play-off da Champions Lea-gue?

 BdC: Claro que sim! Vai ajudar a prepara par aa Super Taça, campeonato e os play-offs da Champions. Não es-quecendo que estamos numa pré-temporada, também não nos podemos esquecer que para nós a época começa muito mais cedo e por isso estes torneios de pré-época adquirem uma importância muito mais elevada. Porque depois restará pouco tempo para o inicio da época propriamente dita, por isso aquilo que fizermos aqui não é decisivo, mas é importante par aa mentalização dos jogadores e sobretudo, a rápida assimila-ção de tudo aquilo que o novo treinador quer deles e aquilo que nós pretendemos, que é uma época recheada de alegrias e sucessos.

 

* DECLARAÇÕES DE ROGER DE SÁ

  

 O Século falou também seguidamente com Roger de Sá, que nos disse, em resposta às nossas perguntas:

 SJ: Não é todos os dias que as grandes equipas europeias fazem a sua pré-época na África do Sul, este torneio assume por isso uma importância acrescida para o Ajax Cape Town. De que modo irá ajudar nas prepa-rações da época?

 Roger de Sá: Como nós, todos os clubes estão a preparar -se e por isso a oportunidade de fazer estes torneios é para nós muito importante, porque muitas vezes só os jogos de treino não chegam. De nos prepararmos melhor equanto equipa sul-africana, poder defrontar grandes equipas que veem da Europa.

 SJ: Para o ano, há mais equipas? Este torneio terá uma segunda edição?

 RdS: Sim, eu penso que sim. A ambição desta organização é fazer três edições seguidas deste torneio, começámos agora com o Sporting e com o Crystal Palace. Esperamos se tivermos um grande sucesso, é que os clubes voltem e venham também outros clubes. E começar a crescer o torneio, incluir seis a oito clubes. Se este tiver um grande sucesso e vamos ter equipas como o Real Madrid, Barcelona entre outras.

 SJ: Para além de tecnicamente e tacticamente, de que outras formas é que este torneio beneficia o futebol sul-africano?

 RdS: Grandes, enormes benefícios mesmo! Temos que ver, primeiro que tudo nós aqui no Cabo não temos a oportunidade frequente de ver futebol internacional. Esta ci-dade tem também muitos portugueses e ingleses e por isso ambos os clubes apelam ao público, quer o Sporting quer o Crystal Palace. Claro que os jogadores têm oportunidade de jogar contra internacionais de todos os países. Portanto, o benefícios são muitos e a vários níveis de futebol e sociais também.

 SJ: Muitos disseram que o seu plantel é muito jo-vem…mas isto irá beneficiar em muito a sua equipa?

 RdS: Claro que sim, absolutamente. A idade média do plantel é de 19 anos e por is-so, jogar contra jogadores do calibre e do nível das equipas do Sporting e do Palace dá muita motivação e dá muitos benefícios. É sempre uma medida importante e espero jogar contra o Sporting e o Crystal Palace, porque nós jogamos pelo menos duas vezes por época com o SuperSport United.

 Após as conferências de imprensa, as equipas seguiram para os seus respectivos campos de treino em Athlone.