LAM vai adquirir dois aviões brasileiros “Embraer-190” para voos em Moçambique

0
121
LAM vai adquirir dois aviões brasileiros

LAM vai adquirir dois aviões brasileiros A companhia moçambicana LAM (Linhas Aéreas de Moçambique) acaba de adquirir dois aviões “Embraer 190”, que vêm reforçar a actual frota daquela empresa que, diariamente “rasga” o céu moçambicano.

Abrindo um leque de opções que acaba por favorecer os seus clientes, levando aos pontos mais distantes da capital (Maputo), um vasto número de empresários, comerciantes e turistas, que fazem os seus negócios (e não só) culminando favoravelmente, na maior parte dos casos, os seus empreendimentos, contribuindo para a economia de Moçambique.

É, pois, com a firme diposição e forte convicção de que a despesa feita na compra dos dois “Embraer 190” vem ao encontro dos seus clientes, que a LAM vai receber no fim desta semana e no próximo mês de Setembo do corrente ano, os seus dois aviões que, como se disse, irão reforçar a já existente frota moçambicana. Para dar a conhecer este importante acontecimento, a LAM ofereceu uma recepção a alguns agentes e operadores turísticos relacionados com viagens aéreas, deslocando-se a Joanesburgo alguns directores da companhia-sede estacionada em Maputo de onde sobressaiu o chefe do Departamento de Vendas, Cláudio Banze, Faustino Massitela, delegado da LAM na África do Sul, e um dos principais vendedores da firma responsável pela transacção dos dois aviões, Byron Bohlman, quase fazia acompanhar por Paulo M. Almeida, encarregado do desenvolvimento daquela empresa, radicada no Brasil, para a Europa, Middle East e África.

Faustino Massitela foi o “mestre de cerimónias” dirigindo-se e agradecendo a presença de todos naquele momento, explicando a traços largos o motivo do investimento feito. Depois convidou Byron Bohlman a dizer algumas palavras, que mais não foram do que dar uma explicação técnica e muito pormenorizada sobre os dois aviões que a LAM adquirira.