José Cesário destaca papel das comunidades no estímulo ao investimento estrangeiro em Portugal

0
107
José Cesário destaca papel das comunidades no estímulo ao investimento estrangeiro em Portugal

O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, e o embaixador de Portugal em França, Francisco Seixas da Costa, destacaram no sábado, em Paris, a importância do papel dos emigrantes na captação de investimento estrangeiro em Portugal.

 José Cesário e Francisco Seixas da Costa falavam no encerramento do 4.º Fórum dos Empresários e Gestores Portugueses e Luso-descendentes de França, organizado pela Câmara de Comércio e Indústria Franco-Portuguesa (CCIFP).
 A CCIFP organizou também, e no mesmo espaço, o primeiro Salão do Imobiliário Português em Paris, que reúne cerca de 90 expositores portugueses – desde agências imobiliárias a ‘resorts’ e instituições bancárias – para promover os investimentos nesta área de negócio em Portugal.
 Ambas as iniciativas foram realizadas sem quaisquer apoios públicos. 
 Para o secretário de Estado das Comunidades, que falava em nome do primeiro-minis-tro, Pedro Passos Coelho, este “trabalho extraordinário” mostra que os 5 milhões de portugueses no exterior “significam muito mais em termos de contactos, de ‘lobby’, de rede, em termos económicos, culturais e sociais”.
 “Portugal é muito mais do que aquilo que temos lá. A ques-tão é que durante muito tempo vivemos excessivamente virados para dentro, as nossas empresas e responsáveis políticos não perceberam que há muito mais para além da fronteira. Muito que é tão português como nós”, acrescentou, referindo-se também à proximidade linguística e cultural que Portugal tem com o Brasil e com diversos países africanos.
 José Cesário considerou que o país tem ainda algumas dificuldades “na leitura dos mercados”, e que precisa de trabalhar, “num esforço conjunto” de entidades, “perceber quais são os países onde a economia está a crescer mais” e conseguir “antecipar cená-rios”.
 “Temos muita fé naquilo que estamos a fazer e uma confiança enorme no país. Temos a certeza absoluta de que vamos ser capazes de ultrapassar o momento que estamos a passar. Sobretudo porque somos muito mais – em número, em determinação, e capacidade – para chegar a outros mercados”, concluiu.
O embaixador de Portugal em Paris, Francisco Seixas da Costa, considerou que estas duas iniciativas são uma operação que “todos” devem agradecer, “em particular o Estado português”.
 Estes encontros constituem, acrescentou, “uma oportunidade única para fomentar ne-gócios e para ajudar todos, em França, a mostrar o que é o Portugal contemporâneo”.
 “Esta oportunidade foi muito positiva. Ficou claro que há hoje um espírito que atravessa toda a sociedade portuguesa no sentido de melhorar o enquadramento que permite o investimento estrangeiro em Portugal”, concluiu.