Joe Biden tem uma nora sul-africana

0
95

Hunter Biden, o segundo filho do candidato eleito à presidência dos Estados unidos, Joe Biden, teve um casamento secreto repentino a 16 de Maio de 2019 – apenas 10 dias após ter se apaixonado por uma namorada sul-africana, chamada Melissa Cohen.

“Eles encontraram-se, apaixonaram-se e amarraram-se”, disse uma fonte.

  A loira deslumbrante, que também é divorciada, agora mora em Los Angeles e é originalmente de Joanesburgo, disse seu pai, Lee Cohen.

  “Ela parece muito feliz”, disse ao The Post, acrescentando que ela é uma garota muito especial, com muita postura.

  A mãe de Melissa, Zoe, é uma assistente social especializada em adopção.

  Ela foi casada anteriormente com um homem chamado Jason Landver, disseram fontes próximas.

  Notícias das núpcias de Hunter chegam depois de sua separação com Hallie Biden – a viúva de seu falecido irmão Beau.

  Hunter e Hallie uniram-se em 2017 após a morte de Beau de cancro no cérebro em Maio de 2015, aos 46 anos. O falecimento de Beau foi traumático para a família Biden – o presidente eleito disse que foi uma das razões pelas quais decidiu não concorrer à presidência em 2016.

  “Nós todos temos sorte que Hunter e Hallie se encontraram enquanto estavam a reconstruir suas vidas depois de tanta tristeza”, disse Joe Biden na altura. “Eles têm o apoio total e completo meu e de Jill, e estamos felizes por eles”, acrescentou.

  Hunter, 49, foi casado anteriormente com Kathleen Buhle Biden. O divórcio foi finalizado em 2017, após 22 anos de casamento.

  O par, que casou em 1993 quando Hunter tinha 23 e Kathleen, 24, tem três filhos, Maisy, Naomi e Finnegan. Eles começaram a viver separados em Outubro de 2015 – cinco meses após a morte de Beau, disseram fontes próximas.

  O presidente eleito causou uma pequena controvérsia na corrida de 2020, quando faltou a um evento que atraiu quase todos os outros candidatos para assistir à formatura de Maisy no ensino médio. Postou uma foto dele com ela no Ins-tagram e defendeu sua decisão dizendo que a família estava em primeiro lugar.

 

* Melissa Cohen é uma activista e documentarista sul-africana.

 

  Melissa, 32, foi casada anteriormente com Ja-son Landver. Ela tem simpatias liberais e é uma judia devota, vinda de uma família muito unida.

  Seus pais, Zoe e Lee Cohen, estão casados há mais de 50 anos.

  Ela expressou sentimentos anti-Trump em sua página do Facebook, junto com fotos de suas longas viagens.

  Hunter e Melissa casaram a 16 de Maio de 2019, em Los Angeles.

  É comentado que os dois aparentemente se conheceram no mesmo mês de seu casamento, apenas duas semanas.

  “Eu imediatamente me apaixonei por ela”, disse Biden à ABC News. “E então fui me apaixonando mais por ela a cada dia”.

  Biden também é conhecido como pai de uma criança nascida de Lunden Alexis Roberts em Arkansas, em Agosto de 2018.

  Negou ter sido o pai da criança, mas o tribunal determinou que ele era o pai, identificada como Baby Doe.

 

* Qual é o trabalho de Melissa Cohen?

 

  De acordo com o The Washington Post, ela é co-proprietária da Tribal Worlds, uma empresa que trabalha para “promover a conservação indígena”.

  Ela também é uma cineasta de documentários.

  Antes de conhecer Biden, ela apoiava a presidência de Obama e criticava o presidente Trump.

  De acordo com o New Yorker Magazine, Cohen tem uma tatuagem da palavra “Shalom” ou “paz” em hebraico .

  O casal têm um filho, que nasceu em Março de 2020.O filho recém-nascido foi descrito como “bonito e saudável” pelo irmão de Cohen.

 

* Xhosa sua primeira língua

 

  De acordo com o perfil, Melissa Cohen foi criada por uma mulher de uma tribo que a levou em ‘visitas frequentes’ à sua terra natal de Transkei, no Cabo Oriental da África do Sul.

  Afirma que só aprendeu inglês aos seis anos, sua primeira língua sendo o xhosa, um dialeto tribal.

  Amigos levantaram dúvidas sobre sua herança africana aparentemente extraordinária, no entanto, sugerindo que ela pode ter embelezado alguns aspectos de sua formação a fim de arrecadar dinheiro para seus vários projectos de conservação.

  Cohen é carinhosamente conhecida como Missy ou simplesmente Mel pela família e amigos próximos.

  Quando criança, ela gostava de se chamar de “garota da selva” porque era a mais feliz na natureza, crescendo perto de animais.

  E quando se tornou uma jovem mulher, o nome pegou e viajou em caminhadas ousadas ao coração da África para encontrar os povos indígenas do continente e chamar a atenção para sua sobrevivência.

  Também é uma feroz ambientalista e activista anti-caça furtiva, com amigos marcando-a como uma mulher Steve Irwin.

  Cohen é membro do Greenpeace desde a infância e voluntária da Sea Shepherd, outro grupo conservacionista.

  “Mel nunca foi convencional e se houver algo anti lá fora, então ela vai se inscrever e pregar suas cores no mastro”, disse um amigo.

  Ela adora animais e a natureza e é fervorosamente anti-caça furtiva e, ultimamente, ela se tornou muito vocal sobre o anti-semitismo.

  É muito aventureira e ainda se autodenomina’ ‘garota da selva’ ‘e adora viajar, sempre saindo com velhos amigos.