João Serradinho reeleito presidente da Academia do Bacalhau de Pretória

0
122
João Serradinho reeleito presidente da Academia do Bacalhau de Pretória

No convívio mensal de 30 de Janeiro último, novamente no Strydfontein Restaurante, da comadre Yvonne Pestana, em President Steyn Street, de Pretória North, onde marcaram presença quinze compadres da tertúlia, foi João Serradinho reeleito presidente da Academia do Bacalhau de Pretória, funções que vem exercendo desde 29 de Novembro de 2012, data em que substituiu no cargo Ivo de Sousa.

 Depois do almoço e antes da eleição, usou da palavra João Serradinho para, alegando cessar ali as funções de presidente desta Academia, se mostrar agradecido a todos os que durante este seu mandato o apoiaram nas festas e convívios realizadas em 2013 e até esta última confraternização, englobando neste prisma o delegado em Pretória do jornal “O Século de Joanesburgo” pela divulgação de todas essas actividades, procedendo de seguida ao resumo de donativos efectuados durante o primeiro ano em que esteve à frente da tertúlia, assim distribuídos:

 R30.000.00 ao Centro-Dia para idosos da comunidade na igreja de Santa Maria dos Portugueses; R35.000.00 à Associação de Bem-Fazer “Os Lusíadas”; R25.000.00 à igreja católica “Christ the King Parish”, de Queenswood; R15.000.00 a S. Vicent de Paul Society; R15.000.00 a Fátima’s House de Pretória North; R5.000.00 a Doves Nest para acolhimento de crianças órfãs, em Centurion; R5.000.00 à St. Columbos Catholic Church de Capital Park; R5.000.00 de ajuda à família necessitada de Naomi Kiliah; R7.000.00 a Maria de Fátima Chaves, então gravemente doente, e acabou por falecer; R2.000.00 a Miguel Coelho e Rui Afonso para ajuda a despesas em prova ciclista no Cabo; R12.000.00 a Daniel Ferreira para apoio à construção de instalações para deficientes em Vila do Conde-Portugal; R12.000.00 para colocação de perna artificial no Sr. Nóbrega; e R10.300.00 de ajuda ao jovem estudante Reiner Joubert da Eldoraigne High School, que no total perfaz a importância de R178.300.00, ficando em conta corrente no banco R39.528.06, e em conta a prazo, R101.256.92.

 Depois da apresentação des-tas contas, e atribuição dos referidos donativos, que todos apoiaram e foram de opinião continuar-se a ajudar quem precisa, daí e por na ocasião ainda haver no banco R140.784.98, distribuir-se de imediato cem mil randes por quem necessitar, de comum acordo R50.000.00 aos Lusíadas na sua próxima reunião mensal de Fevereiro, e o res-tante a dividir por instituições de solidariedade social ou famílias necessitadas, apenas devendo ficar uns quarenta mil randes para apoio a qualquer caso que de emergência venha a aparecer, após o que João Serradinho fez o leilão do whisky oferecido pela co-madre Yvonne Pestana, en-quanto Lino Faria procedeu à aplicação de multas da praxe entre os compadres presen-tes.

 Recorda-se que anualmente, sempre que por esta Academia do Bacalhau são distribuídos donativos por instituições de solidariedade social, não têm sido esquecidos “Os Lusíadas”, nos últimos dos quais, a 29 de Novembro de 2012, por Ivo de Sousa, de R40.000.00; a 28 de Novembro de 2013, por João Serradinho, de R35.000.00; e este agora concedido a 30 de Janeiro de 2014, também por João Serradinho a iniciar novo mandato, de R50.000.00, a que esta Associação de Bem-Fazer deve estar grata, uma vez que sem estas ajudas, e outras como as dos torneios de golfe TMM/ACPP, e os convívios feitos com essa finalidade por João Serradinho no seu “Redrock Ranch”, lhe seria muito difícil continuar a manter os cinquenta mil randes de donativos mensais a carenciados que vem ajudando na nossa comunidade.

Quando João Serradinho anunciava a eleição a seguir para novo presidente desta Academia do Bacalhau, vozes se levantaram a pedir-lhe que continuasse por mais um ano, com todos os presentes a atribuir-lhe uma grande salva de palmas, e ao mesmo tempo a dizer-lhe que seria escusado recorrer ao voto porque todos iam votar nele, não lhe restou outra alternativa senão, depois de saber com quem podia contar para o acompanhar no mandato, aceder ao pedido, ficando ali praticamente formada a nova direcção, assim constituída:

 Presidente João Serradinho, vice-presidentes Lino Faria, Miguel Carreira, Jaime de Caires e Carlos Fernandes, secretário Emanuel Correia, tesoureiro Manuel Bento Teixeira, este último nesse dia ausente devido a outros compromissos, e relações públicas Estevão Rosa.