Jardim pede aos madeirenses para não se assustarem com as medidas que vêm aí

0
96
Jardim pede aos madeirenses para não se assustarem com as medidas que vêm aí

O presidente do Governo Regional, Alberto João Jardim, pediu na sexta-feira aos madeirenses para não se assustarem com as medidas que “vêm aí” ao abrigo do programa de ajustamento financeiro entre a Região e o Governo da República.

 “Não se assustem, o que vem aí, de facto, não é uma coisa muito folgada mas eu aprendi, durante 30 e tal anos que estou à frente da Madeira, a lutar sempre e, portanto, vamos encarar as dificuldades, vamos lutar, vamos contar só connosco”, disse o governante madeirense na inauguração do Jardim do Amparo, no Funchal.
 Depois de desejar “um feliz Natal e um feliz ano”, Alberto João Jardim acrescentou: “Aliás estes 30 e tal anos contamos só e apenas connosco, os grandes investimentos feitos pela Madeira foram pagos pelo Orçamento Regional ou estão ainda em dívida pela Região Autónoma da Madeira”.

 “Nós habituámo-nos a viver sós, a viver às nossas responsabilidades, é bom que assim seja e vamos demonstrar que estamos à altura dessas mesmas responsabilidades”, salientou, escusando-se a falar do programa de ajustamento financeiro em curso para fazer face a uma dívida de 6 mil milhões de euros derivada da omissão de contas públicas”.

* JARDIM EM CERIMÓNIA DE SOLDARIEDADE DO BANIF

 Antes de inaugurar o Jardim do Amparo que se espraia por 11.500 metros quadrados e representou um investimento do Governo Regional no valor de 445 mil euros, Alberto João Jardim presidiu à cerimónia de entrega de donativos de Natal do Banco Internacional do Funchal (BANIF) a quatro instituições de solidariedade social – Abrigo de Nossa Senhora de Fátima, Associação de Paralisia Cerebral da Madeira, Fundação D. Jacinta Ornelas Pereira e Santa Casa da Misericórdia da Calheta, tendo sido distribuídas por cada uma um cheque de cinco mil euros ao abrigo da Lei do Mecenato.
 O BANIF distribuiu no sábado donativos a outras quatro instituições nos Açores e a outras seis será esta semana no continente.