Investimento privado nacional em Angola ultrapassa o estrangeiro

0
165
Investimento privado

Investimento privadoO investimento privado nacional em Angola, aprovado até Julho, superou o estrangeiro, anunciou o presidente da Agência de Investimento Privado (ANIP) angolana.

 Aguinaldo Jaime, citado pelo Jornal de Angola, apontou que mais de 50% dos cerca de US$ 1 bilião em investimento aprovados até Julho último são da responsabilidade de empresários nacionais.

 A justificação apontada por Aguinaldo Jaime para esta alteração, tendo como referência os últimos anos, resulta da diminuição nos investimentos com origem na União Europeia e nos Estados Unidos, onde a crise económica e financeira mundial foi mais sentida.

 No entanto, o crescimento dos investimentos com origem no continente africano, Ásia e América do Sul equilibraram os números, levando a que o impacto da diminuição dos fluxos financeiros europeus e norte-americano fosse minimi-zado.

 O presidente da ANIP informou ainda que o total do investimento aprovado, cerca de US$ 1 bilião de dólares referentes a 268 projectos,

substancia uma retracção em cerca de 12% em relação ao mesmo período de 2008.
 Para o responsável pelo organismo que aprova o investimento privado em Angola, este novo cenário aponta para uma “crescente confiança” dos investidores angolanos e estrangeiros com residência em Angola no futuro do país.
 A agricultura e a indústria transformadora são os sectores onde os investidores mais estão apostando em Angola, com destaque para as províncias de Malange, Luanda, Bengo, Cabinda e Ben-guela.

 Para Aguinaldo Jaime este mapa dos investimentos reve-a que começa a emergir a compreensão de que a capital angolana, Luanda, não é o único local atractivo para a rentabilização dos negócios.
 A consequência, apontou, é um desenvolvimento mais harmonioso do país.