Há 1,5 milhões de cidadãos moçambicanos com sida

0
156
Moçambique

MoçambiqueO continente africano continua a ser o mais afectado pelo vírus da sida, concentrando dois terços dos infectados com o VIH, que em Angola atinge 190 mil pessoas, de acordo com os dados mais recentes das Nações Unidas. A luta contra à sida é uma das questões incontornáveis para o Papa Bento XVI, que iniciou nos Camarões um périplo de sete dias pelo continente africano onde se incluiu também uma deslocação a Angola.

 

Horas antes de aterrar na capital dos Camarões para a sua primeira visita ao continente africano, Bento XVI defendeu que a solução para o problema da sida não passa pela distribuição de preservativos, mas por "um despertar espiritual e humano" e pela "amizade pelos que sofrem. A sida tem um impacto devastador em África, particularmente em países como o Botswana, Suazilândia e África do Sul, os mais afectados em todo o mundo.