Guardiola adverte para dificuldades frente ao FC Porto invicto na “Champions”

0
63
Guardiola adverte para dificuldades frente ao FC Porto invicto na “Champions”

O treinador espanhol Pep Guardiola advertiu para as dificuldades que os alemães do Bayern Munique vão encontrar nos quartos-de-final da Liga dos Campeões de fu-tebol frente ao FC Porto, que ainda não perdeu na competição.

 “Esperamos um grande ambiente, no belo Estádio do Dragão. São fortes fisicamente, têm avançados rápidos e, apesar de ser uma equipa jovem, ainda não perdeu na Liga dos Campeões.

 É uma eliminatória dos quartos-de-final e já não existem jogos fáceis. É sempre difícil e vamos tentar tudo”, afirmou Guardiola, citado pelo sítio oficial do Bayern na Internet.

 Em relação ao sorteio realizado na cidade suíça de Nyon, o avançado alemão Thomas Müller reconheceu que “podia ter sido pior”.

 “Estamos satisfeitos com o sorteio, mas temos de ter cuidado porque o FC Porto está muito confiante com os quartos-de-final.

 Vamos levar os confrontos a sério, acreditamos no nosso potencial e temos como objectivo chegar à final”, frisou Müller.

 O guarda-redes Manuel Neuer recordou a sua experiência no Estádio do Dragão, onde defendeu a baliza do Schalke 04, nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões de 2007/08.

  “Eu tive uma boa experiência lá, onde o Schalke 04 se qualificou nos penaltis. Mas, agora, eles estão invictos, têm qualidade e não os podemos subestimar. O ambiente vai ser ‘quente’, impressionante, o que não nos vai facilitar”, referiu Neuer.

 O ‘capitão’ Phillipp Lahm disse ambicionar um “bom resultado” na primeira mão, no Porto, a 15 de Abril, elogiando a técnica dos pupilos  do espanhol Julen Lopetegui.

  Uma advertência partilhada pelo director executivo do clube bávaro, o antigo futebo-lista Karl-Heinz Rummenigge, que também não escondeu a satisfação com o resultado do sorteio.

  “Não tivémos má sorte, mas não podemos subestimar o adversário. O FC Porto qualificou-se em primeiro lugar na fase de Grupos e avançou com facilidade frente ao Basileia, nomeadamente com o 4-0 na segunda mão, no Porto.

  Se olharmos para os encontros entre o Paris Saint-Germain e FC Barcelona e o dérbi de Madrid entre Real e o Atlético percebemos que esses são os destaques. O nosso objectivo é chegar às meias-finais e temos dois jogos para o conseguir”, referiu o dirigente.

  FC Porto e Bayern Munique decidem a qualificação para as ‘meias’ da ‘Champions’ a 15 de Abril, no Estádio do Dragão, no Porto, e a 21 de Abril, em solo germânico.

 O FC Porto só venceu os alemães do Bayern Munique uma vez, na final da Taça dos Clubes Campeões Europeus de futebol de 1986/87, nas cinco em que se cruzaram nas competições continentais.

 Esse foi o primeiro embate entre as duas equipas, no Praterstadion, em Viena, num encontro que os bávaros marcaram primeiro, por Kogl, aos 24 minutos, mas os ‘dragões’ asseguraram o seu primeiro título europeu, graças ao calcanhar do argelino Madjer e do golo do brasileiro Juary, aos 77 e 79.

 Desde então, FC Porto e Bayern Munique defrontaram-se noutras quatro ocasiões, sempre nos quartos-de-final da principal prova europeia de clubes, sem que os portugueses conseguissem repetir o feito da capital austríaca.

 Em 1991, a visita do FC Porto a Munique saldou-se por um empate 1-1, com Bender a dar vantagem aos bávaros, aos 30, e Domingos Paciência a igualar, aos 65.

 Na segunda mão, os alemães venceram no Estádio das Antas, por 2-0, com golos de Ziège e Bender, aos 19 e 67, respectivamente.

 Mais recentemente, na edição de 1999/2000 da ‘Champions’, a eliminatória começou no Porto, onde os ‘azuis e brancos’ marcaram primeiro, aos 47 minutos, pelo bra-sileiro Mário Jardel, tendo o seu compatriota Paulo Sérgio empatado para o Bayern, aos 80.

 Na segunda mão, os bávaros só asseguraram a passagem às meias-finais nos descontos, com um tento de Linke, depois de Jardel, aos 90, ter ‘anulado’ a vantagem conquistada por Paulo Sérgio, aos 15.

 Efectivamente, o FC Porto foi a única equipa portuguesa a conseguir vencer o Bayern, cujo último encontro com emblemas lusos remonta a 2008/09, quando goleou o Sporting, por 5-0 em Lisboa e 7-1 em Munique, nos ‘oitavos’ da ‘Champions’.

 Nos 22 jogos com formações portuguesas, o Bayern celebrou 13 vezes, contando ainda oito empates, duas vezes em casa (1-1 com FC Porto, em 1999/2000, e 0-0 com Sporting, em 2006/07) e seis em solo luso (1-1 com Vitória de Setúbal, em 1967/68, 0-0 com Benfica, em 1975/76 e 1981/82, 1-1 com FC Porto, em 1999/2000, 0-0 com Boavista, em 2001/02, e 1-1 com Sporting de Braga, em 2007/08).

 Mais positivo é o saldo dos ‘dragões’ com equipas alemãs, frente às quais em 29 jogos soma 12 triunfos, o último dos quais nos oitavos de final da Liga dos Campeões de 2007/08 na recepção ao Schalke 04, por 1-0, mas que ditou a eliminação dos portistas no desempate através de grandes penalidades

 Na cidade do Porto, os ‘azuis e brancos’ venceram nove dos jogos perante alemães, tendo cedido três empates (2-2 com Eintracht Frankfurt, em 2013/14, 1-1 com Bayern Munique, em 1999/2000, e 2-2 com Schalke 04, em 1976/77) e perdido três vezes (2-0 com Bayern Munique, em 1990/91, 2-1 com Dynamo Dresden, em 1972/73, e 1-0 com TSV Munique, em 1964/65).