Grupo Cosira visitado na Sede em Brakpan por comitiva da Embaixada de Portugal

0
122
Grupo Cosira visitado na Sede em Brakpan por comitiva da Embaixada de Portugal

Uma comitiva da Embaixada de Portugal na África do Sul,  liderada pelo embaixador Ramos Pinto, e que integrava o cônsul-geral em Joanesburgo e o delegado da AICEP, visitou a semana passada as instalações do Grupo Cosira, em Vulcania South, Brakpan.

 O Grupo Cosira foi fundado em 1988 pelo industrial João da Silva, natural da Póvoa de Varzim, e destacado membro da Comunidade Portuguesa há mais de quatro décadas.
 A Cosira já entrou na fase da internacionalização e possui representações em diversos pontos do globo, nomeadamente no Chile, Botswana, China, Mauricias, Moçambi-que, Namíbia, Zâmbia e Zim-babwé.
 O Grupo emprega 2200 trabalhadores e conta com diversos portugueses e luso-des-cendentes na estrutura admi-nistrativa. O CEO é John da Silva, filho primogénito do fundador da Cosira.
 A sede da empresa tem uma enorme unidade industrial de 40.000 metros quadrados para o fabrico de estruturas metálicas e que foi integralmente visitada pela comitiva da Embaixada de Portugal.

 Na sequência de uma visita anterior, efectuada pelo delegado da AICEP, dr. João Pe-dro Pereira – proporcionada pelo adido social de Portugal, dr. Gonçalo Capitão, e pelo conselheiro económico das Comunidades Portuguesas, Silvério Silva –  foi detectado o interesse do grupo Cosira em expandir os seus negócios.
 No sector da exploração mineira e na construção e obras públicas, o Grupo Cosira, manifestou interesse em conversar e colaborar com grupos empresariais portugueses na África Austral e mais particularmente em Moçambique.
 Sabe-se que foi disponibilizado o apoio da Embaixada ao Grupo Cosira, em tudo aquilo que fosse necessário no âmbito das suas intenções de negócio, e incentivadas as parcerias com empresas portuguesas.
 Ficou agendado, para o final do ano, um novo encontro pa-ra efectuar um balanço das relações com as empresas portuguesas.