Governo de Moçambique pede assistência orçamental ao FMI

0
44

Uma equipa técnica do Fundo Monetário Internacional visitará Moçambique na segunda quinzena deste mês para analisar o pedido formal de apoio ao Orçamento de Estado apresentado pelo governo moçambicano, informou recentemente o porta-voz da instituição multilateral.

Gerry Rice confirmou que o FMI recebeu um “pedido formal” de Maputo para um programa de assistência e adiantou que a equipa técnica discutirá com as autoridades moçambicanas o reinício do programa de assistência, congelado em 2016 quando foi conhecida a questão das chamadas “dívidas ocultas”, empréstimos contraídos por duas empresas públicas com aval do Estado concedido à margem da lei.

O porta-voz disse que os problemas fundamentais de Moçambique são conhecidos, como sejam a dívida pública e um empenho na consolidação fiscal a médio prazo, preservando em simultâneo a despesa social e em infraestruturas.

Rice disse também ser fundamental fortalecer a capa-cidade governativa do país, de forma a assegurar que os recursos públicos escassos são efectivamente utilizados para benefício dos cidadãos do país.

O ministro da Economia e Finanças de Moçambique, Adriano Maleiane, anunciou no final de Fevereiro ter apresentado ao Fundo Monetário Internacional um pedido formal de apoio ao Orçamento de Estado.