Governador do Banco Central da África do Sul convidado a presidir a grupo consultivo do FMI

0
39

O governador do banco central da África do Sul, Lesetja Kganyago, vai presidir a comissão do Fundo Monetário Internacional para os assuntos financeiros e económicos (IMFC) nos próximos três anos, noticiou quinta-feira a rádio publica SABC. 

 Lesetja Kganyago substitui no cargo o seu homólogo mexicano, Augustin Cartens, que se demitiu no passado mês de Dezembro.

 De acordo com a emissora, a nomeação do governador do banco central sul-africano para o cargo tem efeito imediato.

 A IMFC é o grupo consultivo da Direcção do FMI em matéria de supervisão e gestão do sistema monetário e financeiro internacional. Habitualmente reune-se duas vezes por ano e integra 24 membros – entre governadores de bancos centrais e ministros, selecionados de um conjunto de 189 países  membros do Fun-do.