Gastonomia luso-oriental nos voos diários da Emirates de Joanesburgo para Lisboa, via Dubai

0
78
Gastonomia luso-oriental nos voos diários da Emirates de Joanesburgo para Lisboa, via Dubai

A cozinha portuguesa é conhecida pelo seu paladar e o colorido da sua  textura. Com Verões quentes, uma costa marítima que se estende por 832 quilómetros e temperaturas de água do mar que variam entre os 18 graus no Inverno e 22 graus no Verão, Portugal é o destino de férias ideal para os amantes do sol e para aqueles que procuram fugir ao frio do hemisfério sul e do seu Inverno e desfrutar umas férias à beira-mar.

 O mar calmo, as águas tépidas e as suas praias de sonho é como que um postal de boas vindas que tem influenciado fortemente a vida em Portugal, e essa influência marítima da sua longa linha de costa tem tido, de certo modo, repercussões nas tradições da culinárias, que se tornou uma característica muito especial em vários lugares, principalmente na capital –  Lisboa.
 Começando de manhã a deambular pelas ruas de Lisboa, pode inalar-se o cheiro do peixe grelhado bem como aperceber-se do aroma característico e inesquecível das sardinhas assadas na brasa ou da espetada de lulas que, por norma, são cozinhadas no espaço exterior de muitos res-taurantes e bares na área ri-beirinha da cidade.
O marisco, por tradição, faz parte da ementa do jantar português. É um piteu que tem que se experimentar quando se visita Portugal, bem como o bacalhau, que é um dos pratos tradicionais da cozinha portuguesa.
 Enquanto os visitantes de outras partes do mundo talvez não se deixem seduzir por es-ses paladares, os sul-africanos, pela certa,  saberão dar-lhe  valor e saborear sem opor reservas às muitas variedades como esta delícia – o bacalhau – é condimentada, pois faz parte das ementas mais tradicionais. O bacalhau é conhecido pelos quatro cantos do globo onde a culinária tradicional portuguesa deixou a sua marca.
 A Emirates Airline, que iniciou em Julho o seu serviço diário de Joanesburgo para Lisboa via Dubai, para aclimatar os turistas que vão visitar Portugal ao festival de sabores e delícias que os aguarda quando chegarem ao destino, tomou a iniciativa de criar a bordo dos seus aviões um menu muito personalizado nesta rota para aguçar o apetite dos seus passageiros com as refeições a bordo, numa mescla de sabor português com influência do Médio Oriente.
 Passageiros na Primeira Classe da Emirates e na secção da Classe Executiva podem estar certos de que irão desfrutar da boa cozinha da companhia aérea, preparada por Chefes premiados e reconhecidos da indústria e acompanhada por uma excelente selecção de bebidas.
 Os passageiros da Primeira Classe têm ainda à sua disposição  “la carte experiênce”, que lhes oferece a opção de criar seu próprio menu. A partir de uma simples merenda até uma refeição completa, a incansável tripulação de cabine da Emirates, que é multilingue, dispõe-se, com todo o prazer, a preparar e servir a escolha do passageiro.
 Como “canapés”, o passageiro da Primeira Classe pode escolher entre uma selecção de petiscos quentes e frios, incluindo brócolos e milho doce envolvido em pasta de massa tenra frita bem como espetada de frango grelhado, salmão fumado e o delicioso “quiche” com alho porro, azeitonas recheadas com tomate seco e tomates maduros com cereja.
 O menu do aperitivo é também muito delicioso, consistindo de um preparado de ca-viar com uma selecção tradicional de cebola  picada, ovo cozido picado, creme de leite e limão, servido com torradas melba ou panquecas; ou mes-mo bifes de atum fresco revestidos de ervas aromáticas, passado ao de leve e servido com uma salada de papaia crocrante regada com um delicioso molho tailandês aromatizado e picante.
 Como prato principal, o passageiro poderá optar por pedaços de frango no churrasco, grelhado em carvão e marinado com especiarias indianas, servido no espeto, mergulhado em iorgurte cremoso, acompanhado de feijão com um toque de caril com uma mistura de pimentos assados e arroz cozido a vapor.
  Também poderá preferir uma posta de bacalhau, revestido de um creme de caril suave, tendo como acompanhamento espargos frescos, courget-tes amarelas, tomate grelhado, cerejas e um puré de batata cremoso.
 Para os apreciadores de doces, a Emirates oferece, no menu de sobremesas, uma  tarte de framboesa fresca e envolvida em massa tenra, bem como poderá optar pela banana assada ou mesmo o pudim caramelo, servido com molho de chocolate branco ou então bananas caramelizadas.
 Os passageiros da Classe Executiva também poderão apreciar a esmerada cozinha da Emirates, tendo como aperitivos um menu que inclui atum albacora ou então uma selecção tradicional de  mezze  árabe, que inclui tabouleh, lubieh bil zeit, recheado com folhas de videira, baba ghannouj, ou  quibe e batata, com uma variedade de picles ára-bes e guarnições à sua escolha.
 O jantar, para os passageiros da Classe Executiva, também é uma experiência inesquecível, pois terão à sua escolha, entre outras iguarias do menu, lombo de cordeiro assado, servido com molho de tomate aromatizado com folhas de basil, manjericão,  acompanhado de couve de brócolos, cenoura, pimento vermelho e batata assada gratinada; ou poderão optar por uma vasta selecção de  mariscos machbous, um prato clássico do  Golfo,  condimentado com especiarias árabes e servido com com arroz cozido guarnecido com cebolas fritas e pinhões.
A Emirates oferece aos viajantes da África do Sul a es-colha e a flexibilidade nas viagens internacionais, com quatro voos diários para o Dubai, a partir de Joanesburgo, e vôos diários de Durban e da Cidade do Cabo.