Funcionários de países de língua portuguesa recebem formação turística em Macau

0
38
comunidades

Vinte e cinco funcionários de entidades governamentais do turismo de Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique e Timor-Leste participaram em Macau em acções de formação que, organizadas pela Direcção dos Serviços de Turismo, decorreram entre Abril e Julho.

 O último de três grupos em que aqueles funcionários foram divididos concluiu, “com êxito”, a respectiva acção de formação, que incluiu um estágio na Direcção dos Serviços de Turismo.

 Organizadas em cooperação com o Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, estas acções de formação visam reforçar o papel de Macau enquanto plataforma entre a China e os países de língua portuguesa.

 A Direcção dos Serviços de Turismo (DST) informou em comunicado que continua a apoiar os trabalhos relacionados com os países de língua portuguesa, em articulação com a realização do objectivo de transformar Macau num “Centro Internacional de Turismo e Lazer” e numa “Plataforma de Serviços de Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”.

 A Direcção dos Serviços de Turismo assinou Memorandos de Entendimento para Cooperação em Matéria de Turismo com Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique, em 2010, e com Timor Leste e Angola, em 2013 e 2015, respectivamente e desde 2012 já proporcionou formação a um total de 98 funcionários governamentais de turismo de países de língua portuguesa.