Foi um sucesso o primeiro convívio organizado pela nova Direcção da Academia do Bacalhau

0
37
Foi um sucesso o primeiro convívio organizado pela nova Direcção da Academia do Bacalhau

Foi bastante concorrido e lucrativo o primeiro almoço mensal da Academia do Bacalhau de Pretória, a cargo da nova Direcção, que como ali foram apresentados, tem como presidente o comendador Mário Ferreira, vice-presidentes Lino Faria e Samuel da Silva, secretário Carlos Calado e tesoureiros Manuel Bento Teixeira e Emanuel Correia, realizado na passada terça-feira, 7 de Março, no Restaurante Continental da ACPP, nele participando entre a centena de presenças, o conselheiro da embaixada Eduardo Rafael, os comenda-dores Joe Quintal, Estevão Rosa e Silvério Silva, o presidente da Academia Mãe, em Joanesburgo, José Contente, e o novo presidente da ACPP, Mário Jorge.

 Depois da saudação e agradecimento de Mário Ferreira à presença de cada um ali naquela tarde, seguindo-se o almoço por si patrocinado, que teve na sua ementa, entrada de sopa, moelas e fígados de galinha, e os pratos principais de bacalhau em duas modalidades, assado e com natas, salada e sobremesa, como ali foi anunciado e de acordo com a aprovação dos membros da sua Direcção, a partir desta data ao preço de R200 por pessoa, incluindo vinho, esperando como ali afirmou, esta Academia que agora dirige possa seguir em frente, como afirmou se possível com o sucesso ali verificado, a todos os que o ouviam pedindo com esse objectivo para continuarem a apoiá-la, comparecendo aos convívios e outras actividades que venha a promover, mostrando-se a propósito radiante com o número de presenças no almoço, onde como referiu no fu-turo tanto ali poderão ser realizados, como em qualquer outro local que venha a ser indicado.

 Apelando à união da comunidade, na tentativa de se conseguirem nestes convívios mensais os fundos que se desejam para apoio à beneficência e outras causas humanitárias, pois foi com esse objectivo que foram criadas as Academias do Bacalhau, aproveitando para ali agradecer a presença do presidente da Academia Mãe de Joanesburgo, José Contente, assim como de vários membros desta mesma tertúlia, esperando que este intercâmbio entre estas duas Academias seja para continuar no futuro, se possível com maior número de aderências, das duas partes, disso ambas beneficiando.

 A esse propósito convidou para algumas palavras o seu homólogo José Contente, o qual depois de a todos saudar e agradecer o convite de Mário Ferreira para marcar presença no convívio, e dar conta da alegria de ali estarem juntos nesse agradável ambiente, e assim poderem ser fortalecidos os laços de cooperação entre as Academias de Pretoria e Joanesburgo, e com essa união procurar incentivar a comunidade à colaboração que se pretende, já que o objectivo com que foram criadas as Academias do Bacalhau é essencialmente apoiar causas humanitárias, e se possível procurar por outro lado estender essa amizade aos compadres das 57 Academias do Bacalhau, hoje espalhadas por todo o mundo, anunciando ali a abertura da 58ª na cidade da Guarda a 29 de Julho próximo, pedindo para tal a presença ali nesse dia dos compadres que porventura na ocasião estiverem de férias em Portugal.

 Neste convívio ainda se pronunciaram outros membros da Academia Mãe, todos dando conta da alegria de ali estarem reunidos com aquele espírito e enaltecendo a forma como o evento decorria, alvitrando outras possíveis medidas de cooperação, no intuito de se poderem amealhar mais fundos, e com isso poderem ser ajudadas mais famílias necessitadas, como referiu a secretária Anelise Lousada e o membro da mesma Academia, Manuel de Arede, este que com essa finalidade até ali anunciara o donativo de R5.000 à de Pretória, oferta essa sublinhada de estrondosa salva de palmas.

 Nesta tarde em que por Mário Ferreira foi feito o leilão de algum whisky oferecido, e agradecido a Damião de Freitas, que a par de ali actuar no convívio, a gentileza de oferecer ainda a esta Academia de Pretória 100 “CDs” contendo a marcha das Academias do Bacalhau, enquanto para “carrasco” na aplicação de multas da praxe foi nomeado Ramiro Sebastião, este também de Joanesburgo, por aqui se vendo a vontade de colaborar e união que se pretende entre ambas, tudo terminando em beleza e a prometer sucessos futuros, como disso é o desejo do novo presidente desta tertúlia da capital, e de todos os restantes membros directivos que o acompanham neste mandato.