Fim do ensino de português em colégio em Olivença

0
40
Fim do ensino de português em colégio em Olivença

O PCP questionou o Governo sobre como irá garantir a continuação do ensino de português em Olivença, depois de o Instituto Camões ter acabado com os horários de língua portuguesa num colégio frequentado por 700 crianças.

  Numa pergunta dirigida ao ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, o grupo parlamentar comunista relata ter tido conhecimento da decisão do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua de “acabar com os horários de língua e cultura portuguesa, num colégio de Olivença, frequentado por mais de 700 crianças, sendo muitas delas lusodescendentes”.

  O PCP diz estranhar esta medida, lembrando “a relação existente entre Portugal e Olivença” e que a presidente do Camões, Ana Paula Laborinho, ter referido “a existência de acordos com a autonomia da Extremadura sobre o ensino da língua”.

  Olivença, historicamente disputada por Portugal e Espanha, está localizada na margem esquerda do rio Guadiana, encontrando-se a 23 quilómetros da cidade portuguesa de Elvas e a 24 quilómetros da espanhola Badajoz.