Festival da Flor da Madeira na cidade sul-africana de Parys

0
67

A pitoresca cidade de Parys, na província sul-africana de Free State, foi palco nos passados dias 7 e 8 de Dezembro, sexta-feira e sábado,  do Festival da Flor da Madeira, aquele que é já considerado um dos eventos anuais visua mente mais deslumbrantes na África do Sul.

 Na sua terceira edição, a procissão floral de um quilómetro

desfilou debaixo de copiosa chuva pelas ruas de Parys com cinco carros alegóricos florais, inspirados na rota da vida selvagem ‘Big 5’ criados com mais de 200.000 flores de produtores locais e 500 figurantes adornados com ainda mais flores.

 Este ano, comemorativo do centenário do aniversário de Nelson Mandela, primeiro presidente da África do Sul democrática, os floristas madeirenses criaram “tapetes de flores de tirar o fôlego” que retrataram o ícone sul-africano e Prémio Nobel da Paz.

 Num esforço criativo para estimular a indústria de flores local e elevar o seu perfil internacional, o programa de dois dias do festival esteve repleto de outras actividades como o fórum de comércio de flores, um dia de golfe de caridade e

uma exibição de “lifestyle”.

 Houve também um jantar de gala que foi patrocinado pela câmara de comércio chinesa.

 O Festival da Flor da Madeira

no Free State é uma parceria iniciada em 2016 entre os governos da província do Free State e da Região Autónoma da Madeira com o apoio da Autoridade de Turismo Local.

 Centenas de milhares de flores, requintados carros alegóricos, artistas coreografados e

fantoches de flores gigantes, foram cartaz durante dois dias

de uma espectacular mostra de flores contando histórias com flores parecidas com a Disney.

 “Pelo amor às flores, o Festival da Flor da Madeira no Free State foi de longe a melhor coisa que se pode fazer pela atracção de turistas este ano”, sublinharam os organizadores.

 Os festejos contaram com a presença dos autarcas locais, da  premier do Free State e do presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque e de sua mulher, do embaixador de Portugal na África do Sul, Manuel Carvalho,  do antigo director do Centro das Comunidades Madeirenses, Gonçalo Nuno dos Santos, e de vários empresários da Região Autónoma da Madeira com relações comerciais com a África do Sul.

 Areceber os visitantes encontrava-se igualmente, Ace Magashule, antigo premier do Free State e actual secretário-geral do ANC.