Festa da Flor no Funchal: Crianças depositaram flores no Muro da Esperança por um mundo melhor

0
48
Festa da Flor no Funchal: Crianças depositaram flores no Muro da Esperança por um mundo melhor

Centenas de crianças participaram durante o dia de sábado no Largo do Município do Funchal na construção do Muro da Esperança cravando uma flor nas sebes erguidas junto à parede norte do Museu de Arte Sacra, numa mensagem de paz e esperança ao mundo.

 Concentradas na Avenida Arriaga, em frente ao Jardim Municipal da cidade do Funchal, as crianças seguiram, depois, em cortejo, levando cada uma flor na mão rumo ao Largo do Município, passando pela Avenida Zarco e Rua Câmara Pestana.

 No Largo do Município, as crianças subiram o estrado chegado às sebes e percorreram três corredores onde espetaram, delicadamente, a flor que transportavam.

 Esta manifestação, simbólica, faz parte do programa da Festa da Flor já considerada como o maior cartaz turístico da Região Autónoma da Madeira ao atrair milhares de visitantes e residentes, tendo a hotelaria estado nos 100 por cento, segundo disse a secretária regional da Cultura, Turismo e Transportes cessante, Conceição Estudante.

 "O objectivo desta Festa está completamente conseguido, nós passámos de taxas de ocupação no mês de maio, quando tudo isto começou, na ordem dos 30% a 40% e, hoje, podemos dizer, quase com uma certeza absoluta, que estamos com 100 por cento", realçou a responsável pelo turismo regional.

 A norueguesa Tone Malmrast confessou à agência Lusa que tinha vindo à Madeira propositadamente para ver a Festa da Flor: "é muito bonita, viemos cá exclusivamente para ver este festival".

 Com os olhos lacrimejando, a inglesa Christine Alber qualificou o cortejo de "fantástico, as crianças são espetaculares, muito comovedor".

 A turista britânica adiantou que já esteve na Madeira "muitas vezes e, desta vez, vim por causa da Festa da Flor".

 Mike Stidisostty, também do Reino Unido, adiantou, por seu lado, que esteve na Madeira há dezoito anos "não pela Festa das Flores" mas que, desta vez, veio por causa das flores: "é a primeira vez que vemos esta Festa. É mui-to impressionante ver tão grande número de crianças algumas das quais tão peque-ninas, é muito confortante".

Depois de depositarem as flores, as crianças assistiram à largada de pombos e ao espectáculo infantil levado a cabo pelos grupos da Direcção Regional de Educação/ Educação Artística e às actuações dos Coros Infantil e Juvenil e dos solistas do Festival da canção Infanto-Juvenil da Madeira/2015.

 O ponto culminante da Festa, que este ano teve como tema "Madeira, Primavera encantada" e que começou quinta-feira [16 de abril], aconteceu ontem, domingo, com o cortejo alegórico, constituído por nove grupos, que exibiram a fragrância, a beleza e os enfeites criados por diversas espécies de flores.

 Segundo a Secretaria Regional da Cultura, Turismo e Transportes, entidade que promove e organiza este evento que este ano representou um investimento público de 315 mil euros na animação interna do destino turístico Madeira, a ocupação hoteleira foi de 100%, mais 9% do que em 2014.