Fase final do Europeu: Selecção de Portugal vence Israel na estreia

0
47
Fase final do Europeu: Selecção de Portugal vence Israel na estreia

A selecção portuguesa de Sub-19, liderada pelo talento de Marcos Lopes, entrou da melhor forma na fase final do Europeu de futebol, ao vencer Israel por 3-0, em jogo da primeira jornada do Grupo A.

 O médio, que esta época vai alinhar nos franceses do Lille, por empréstimo do Manchester City, esteve em destaque na estreia da Seleção Nacional no Europeu, que decorre na Hungria, ao apontar um "bis", aos 39 e 78 minutos, sendo que, pelo meio, André Silva, aos 64, também deixou a sua marca.

 A formação lusa começou, desde cedo, a assumir as despesas do jogo, perante um adversário que defendia com as linhas recuadas e procurava sair em contra-ataque, nomeadamente através de iniciativas individuais de Michael Ohana.

 Dessa forma, Portugal conseguiu construir boas oportunidades no primeiro tempo, a mais flagrante das quais por Gelson Martins, ainda antes dos 10 minutos, já depois de Raphael Guzzo ter ameaçado com um remate às malhas laterais.

 A partir do quarto de hora de jogo, Marcos Lopes começou a evidenciar-se dos demais companheiros e, no espaço de cinco minutos, obrigou o guardião Dean Gal a aplicar-se, naquela que seria a ante-câmara do que viria a suceder, perto do final da primeira parte, quando o médio do Lille desfez o nulo, ainda que beneficiando de um desvio.

 Depois de uma primeira parte de excelente qualidade, a vantagem portuguesa pareceu ameaçada nos instantes iniciais da etapa complementar, em virtude de uma clara melhoria dos israelitas e de uma maior passividade defensiva da equipa comandada por Hélio Sousa.

 O "irrequieto" Michael Ohana foi o expoente máximo dessa superioridade ofensiva de Israel e até poderia ter alcançado o empate, numa "bomba" de fora da área, à qual André Moreira se opôs com enorme brilhantismo, conservando a vantagem lusa.

 Contudo, totalmente contra a corrente do jogo, a equipa das "quinas" conseguiu dilatar a vantagem, através do goleador André Silva, que não desperdiçou uma defesa incompleta de Dean Gal e aumentou a contagem.

 O tento do avançado do FC Porto teve um efeito devastador para os israelitas e revigorante para os portugueses, já que, a partir desse momento, a Selecção nacional recuperou as "rédeas" da partida e dispôs de soberanas ocasiões para ampliar a vantagem.

 Já depois de André Silva, Ivo Rodrigues e Francisco Ramos ficarem consecutivamente a centímetros do terceiro, Marcos Lopes desfez as dúvidas quanto ao homem do jogo e apontou um golo pleno de talento, fechando o marcador e colocando Portugal no primeiro lugar do Grupo.

 A seleção nacional de Sub-19 volta a jogar na terça-feira, às 19:30 (hora portuguesa), diante da anfitriã, a Hungria, que se estreou com uma derrota frente à Áustria (1-3).