FACIM abre com 3.000 expositores

0
140
FACIM abre com 3.000 expositores

A 51ª edição da Feira Internacional de Maputo (Facim), a decorrer de 31 de Agosto a 6 de Setembro, conta com a participação de quase 3 mil expositores moçambicanos e estrangeiros, informou o presidente do Instituto para a Promoção de Exportações (Ipex).

 João Macaringue disse que está já confirmada a presença no certame de pelo menos 31 países, ou seja, mais cinco em relação ao ano passado, cuja 50ª edição da maior feira de Moçambique teve a participação de 2600 expositores.

 O presidente da entidade organizadora do certame disse ainda que a Coreia do Sul participa na edição deste ano pela primeira vez e que a Espanha regressa depois das ausências verificadas em 2013 e 2014.

 João Macaringue adiantou que o nível de participação estrangeira evidencia o grau de aceitação que a Facim continua a granjear na região da África Austral, em particular, e no mundo, em geral, com o sector empresarial a ser atraído pelas “oportunidades de negócio que se vão abrindo em Moçambique, particularmente nesta era de descoberta de recursos naturais.”

 A decorrer em Ricatla, distrito de Marracuene, província de Maputo, a Facim 2015 deverá contar com a participação de 2250 empresas moçambica-nas, contra 1975 na edição de 2014.

 Citado pelo jornal Notícias, de Maputo, Macaringue disse ainda que a 51ª edição da Facim, a decorrer numa área de 47 mil metros quadrados, deverá receber a visita de 84 mil e novecentas pessoas.

 Fundada em 1964 por empresários portugueses, a Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Moçambique (Facim) foi das poucas marcas associadas ao regime colonial português que sobreviveu à independência de Moçambique.