Euro2016: Fernando Santos lamenta ausências de jogadores e reafirma ambição de vencer prova

0
63
Euro2016: Fernando Santos lamenta ausências de jogadores e reafirma ambição de vencer prova

O seleccionador português de futebol lamentou ter deixado de fora da lista de convocados para o Euro2016 jogadores que foram "decisivos" no apuramento e reafirmou a ambição de alcançar a final da prova.

 Após ter divulgado a lista dos 23 atletas lusos chamados para a prova que decorre em França, e da qual não fazem parte Tiago, do Atlético de Madrid, e Bernardo Silva, do Mónaco, este último por lesão, Fernando Santos referiu que "custa sempre a qualquer treinador deixar de fora jogadores que foram importantes na fase de apuramento".

 "Quero deixar uma palavra de gratidão a todos aqueles jogadores que ao longo da fase de apuramento permitiram, ajudaram e contribuíram de forma decisiva para que Portugal pudesse estar presente na fase final. As decisões têm de ter um único objectivo, ou seja de estarmos afinados em França, porque é uma prova rápida de desgaste intenso", disse, na primeira conferência de imprensa realizada na Cidade do Futebol.

 Apesar de apenas ter sido chamado para os dois últimos encontros de preparação, diante de Bulgária e Bélgica, Renato Sanches mereceu a confiança do seleccionador, que, no entanto, não se quis alongar relativamente à chamada do jovem médio do Benfica e futuro reforço do Bayern de Munique.

 "Todos os jogadores que aqui estão foram escolhidos depois de muita ponderação. Há um lote de 23 jogadores e não queremos destacar individualmente ninguém. Para isso, teria de escalpelizar todos os que foram chamados", referiu.

 Fernando Santos adiantou ainda que deverá apostar num sistema 4x4x2, com avançados móveis.

 "Os últimos jogos da Selecção mostraram isso claramente. Não temos um plano A ou B, temos uma estratégia definida para defender e atacar, não tendo jogadores fixos, com avançados mais móveis. Está mais perto de um 4x4x2. Estes dois últimos jogos mostraram que a equipa é capaz de responder bem", disse.

 Por outro lado, o técnico, de 61 anos, fez questão de salientar a combinação de ex-periência e juventude do grupo que vai ao Campeonato da Europa.

 "Há 10 jogadores que nunca participaram numa fase final e quatro só participaram uma vez. Mostra que há aqui uma mistura da experiência com a irreverência da juventude.

 Prova que Portugal tem futuro", destacou.

 Fernando Santos voltou a manifestar confiança numa possível presença na final da prova, revelando que a equipa portuguesa tem a ambição de arrecadar o troféu.

 "Vou relembrar aos jogadores o que lhes disse no primeiro dia. Acredito e todos vamos acreditar que podemos chegar à final e podemos vencê-la. Não é uma questão de fé, eu acredito que é possível. Portugal não sai como favorito, nem nunca afirmámos isso, mas temos a ambição de lutar por esse objectivo", vincou.

 Já sobre Cristiano Ronaldo, o seleccionador mostrou-se confiante na condição física do ‘capitão’ luso, que vai continuar em competição até ao dia 28, data da final da Liga dos Campeões, que vai opor o Real Madrid ao Atlético de Madrid.