Espanha bate Portugal nos penáltis e é campeã mundial de hóquei em patins

0
58
Benfica-Braga proporciona arranque em grande na Taça da Liga em futebol

A Espanha sagrou-se no sábado campeã mundial de hóquei em patins, ao derrotar Portugal, por 2-1, no desempate por penáltis, após o 3-3 registado no prolongamento da final do campeonato do mundo, disputado em Nanjing, na China.

  No desempte através de remates da marca de grande penalidade, Edu Lamas e Albert Casanova marcaram para a Espanha e João Rodrigues concretizou o único de Portugal. No tempo regulamentar, Casanovas (20 minutos), Jordi Adroher (24) e Lamas (40) marcaram para a seleção espanhola, vencedora de seis das últimas sete edições do Mundial, enquanto Hélder Nunes (27 e 50) e Gonçalo Alves (30) fizeram os tentos de Portugal, que procurava o seu 16.º título, o primeiro desde de 2003, ano da sua última final.

  Depois de um prolongamento sem golos, a Espanha foi melhor no desempate por penáltis e conquistou o seu 17.º título, sucedendo no historial de campeões à Argentina, que terminou este Mundial no terceiro lugar, depois de ter derrotado a Itália, por 4-0, no jogo da disputa da medalha de bronze.