Empresa chinesa constrói edifício de seis andares em Maputo

0
76
Maputo

MaputoA empresa chinesa Construção CCM está a construir um edifício de seis andares na capital moçambicana que será utilizado para, entre outras finalidades, escritórios.

A Construção CCM não divulgou o valor envolvido na construção do edifício que, propriedade de Jossefate Samora Machel, irmão de Samora Machel, primeiro presidente de Moçambique , está a ser erguido numa das zonas nobres da capital. A empresa chinesa encontrase envolvida em outras grandes empreitadas em Moçambique, à semelhança da China Henan International Cooperation Group (Chico) e a Anhui Foreign Economic Construction Corporation (AFEC). A Construção CCM está presentemente a construir os edifícios onde passarão a funcionar o novo Palácio de Justiça, a Procuradoria Geral da República e o Gabinete Central de Combate à Corrupção.

Empresas chinesas têm-se destacado nas grandes obras em Moçambique, principalmente públicas, sendo de mencionar a construção do centro internacional de conferências Joaquim Chissano, o estádio nacional, que está a ser construído com um empréstimo concedido pela China, para além da ampliação e recuperação do aeroporto internacional de Maputo, uma empreitada que é também financiada por  apitais chineses. A China Henan International Cooperation Group está, por seu turno, envolvida na ampliação e recuperação do sistema integrado de abastecimento de água em Chimoio, Gondola, Manica, Messica e Bandula, na província central de Manica.