Embaixador de Portugal regressa a Moscovo

0
65

 O Governo português decidiu que o embaixador na Rússia, chamado a Lisboa para consultas na sequência do ‘caso Skripal’, regressasse a Moscovo, anunciou o ministro dos Negócios Estrangeiros.

 “Nós neste momento entendemos que já há condições para o regresso do nosso embaixador a Moscovo e isso fez-se tão cedo quanto possíve”, indicou Augusto Santos Silva aos jornalistas, à margem de uma reunião de chefes de diplomacia da União Europeia, no Luxemburgo.

 O ministro apontou que o embaixador Paulo Vizeu Pinheiro regressou a semana passada a Moscovo, para onde já regressou também o embaixador da União Europeia, que fora igualmente chamado pela chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.