Efeito do ‘perdão fiscal’ ajuda Estado português a arrecadar mais de 40 biliões de euros

0
37
Efeito do 'perdão fiscal' ajuda Estado português a arrecadar mais de 40 biliões de euros

O Estado arrecadou mais de 40 biliões de euros em impostos no ano passado, um desempenho que conta com "o efeito significativo" do ‘perdão fiscal" mas que ficou mais de 700 milhões abaixo do objectivo do Governo.

 De acordo com a síntese da execução orçamental de 2016, divulgada pela Direcção-Geral do Orçamento (DGO), a receita fiscal líquida do Estado aumentou 1.375,4 milhões de euros até dezembro, um aumento de 3,5% face ao ano anterior, totalizando os 40.224,9 milhões de euros.

 No entanto, a arrecadação da receita com impostos ficou aquém da última projecção do Governo, que foi apresentada em outubro do ano passado aquando do orçamento deste ano. Nesta altura, o Ministério das Finanças apontava para uma receita fiscal de 40.953,8 milhões de euros e acabou por arrecadar menos 728,9 milhões do que o antecipado.

 Ainda assim, a execução da receita fiscal em 2016 atingiu "98,2% do objectivo de receita para o conjunto do ano", refere a DGO.