EDM e REN em parceria no projecto Centro-Sul

0
38
EDM e REN em parceria no projecto Centro-Sul

As empresas Electricidade de Moçambique (EdM) e Redes Energéticas Nacionais (REN) de Portugal estão a negociar o estabelecimento de uma parceria para o projecto Centro-Sul (Cesul), afirmou o di-rector nacional de Energia, Pascoal Bacela.

 Também conhecido por “espinha dorsal”, o projecto Cesul, orçado em 1,7 mil milhões de dólares, prevê a construção de linhas de transporte de energia eléctrica de alta tensão em correntes alterna e contínua entre uma nova sub-estação em Cataxa ou a expansão da subestação existente de Matambo, na província de Tete e a subestação de Maputo, na província de Maputo.
 Em declarações ao jornal, em Maputo, o director nacional de Energia afirmou estarem em curso negociações entre a EdM e a REN, sem contudo, confirmar o alegado envolvimento financeiro da China State Grid Corp no projecto.
 De referir que a China State Grid Corp entrou no capital da HCB ao ter adquirido ao Estado português uma participação de controlo na REN, de 25%, no âmbito de um pacote de privatizações incluídas no programa de saneamento financeiro de Portugal.
 A entrada da REN no capital da HCB representou, por seu turno, a conclusão do dossier relativo à barragem envolvendo Moçambique e Portugal e em que Moçambique passou a deter 85% do capital da empresa e uma fatia adicional de 7,5% a ser tomada por um investidor escolhido pelo governo moçambicano.