Distribuídos 391 mil euros da conta solidária do BANIF em apoio às vítimas da tragédia na Madeira

0
98
BANIF

BANIFO BANIF distribuiu no Funchal 391 mil euros por cinco instituições locais, um montante correspondente ao saldo da conta bancária de angariação de donativos na instituição, para apoiar as vítimas do temporal.

A ADECOM (Associação de Desenvolvimento Comunitário do Monte), a ASA (Associação para o Desenvolvimento da Freguesia de Santo António), a ADCF (Associação de Desenvolvimento Comunitário do Funchal) e a ADBRAVA (Associação de Desenvolvimento da Ribeira Brava) foram as instituições escolhidas pelas autarquias do Funchal e Ribeira Brava para gerir o montante, através de protocolo.

 O administrador do BANIF, Machado Andrade, considerou que estas associações tinham “capacidade de gerir com total rigor o valor angariado”.
 Na ocasião, o responsável aproveitou para anunciar a criação de uma linha de crédito de 500 mil euros a fundo perdido “para as pequenas empresas que recorram a esta linha de crédito através da majoração de dez por cento a fundo perdido aos seus incentivos”.

 Por seu turno, o presidente da Câmara do Funchal, Miguel Albuquerque, considerou que esta “iniciativa vem ao encontro daquilo que são as prioridades imediatas da cidade”, tendo garantido que todo o dinheiro será aplicado “literalmente no apoio às famílias mais carenciadas”.
 Na Ribeira Brava, o segundo concelho mais afectado pelo temporal, o presidente da câmara, Ismael Fernandes, admitiu que é necessário “re-construir o município”, nomeadamente nas freguesias da Serra de Água e Tábua.

 Até 8 de Março, a companhia de seguros Açoreana, do grupo Banif, já tinha negociado mais de oitenta por cento das situações em que existiam danos, o equivalente, a aproximadamente, cinco milhões de euros em indemnizações pagas, tanto a empresas como a famílias.
 O temporal que assolou a ilha no dia 20 de fevereiro provocou 43 mortos e oito desaparecidos bem como prejuízos na ordem dos 1,4 mil milhões de euros, segundo as contas do Governo Regional.