Despesa do Estado aumentou 2,8 por cento devido aos juros

0
147
Despesa do Estado

Despesa do EstadoA despesa do Estado registou até Outubro uma desaceleração em termos homólogos em menos 2,8 pontos percentuais face à verificada em Julho, refere o comunicado da Finanças relativo à execução orçamental.

 Para o Governo, no período de Janeiro a Outubro, “a despesa pública registou um crescimento de 2,8 por cento, que traduz um aumento de 0,8 pontos percentuais face ao mês anterior, explicado pela inflexão do comportamento dos ‘juros e outros encargos’”.
 O Ministério das Finanças refere que o grau de execução da despesa situou-se em 81,2 por cento, “em linha com o perfil intra-anual de execução da despesa nos quatro anos precedentes, dando sinais seguros de que o objectivo orçamental para 2010 será cumprido”.

 Para além do referido comportamento da rubrica ‘juros e outros encargos’, o Governo refere que o aumento da despesa pública “reflecte em grande medida o aumento das transferências do Orçamento do Estado para a Segurança Social, no âmbito da respectiva lei de bases, e para o Serviço Nacional de Saúde”.
 As Finanças salientam que, excluindo as transferências correntes e de capital para as Administrações Públicas, “a despesa efectiva registou uma variação homóloga de 2 por cento”.