Daniel Ramos sai do Marítimo para treinar o Chaves

0
42

 O treinador de futebol Daniel Ramos deixou na quinta-feira uma mensagem de agradecimento ao Marítimo, com o “sentimento de dever cumprido”, no dia em que ficou consumada a sua saída do clube madeirense.

“Termino hoje um ciclo de quase dois anos ao serviço do Marítimo. Na hora da despedida, quero deixar um agradecimento a toda a nação verde-rubra: presidente, staff diretivo, departamento médico, jogadores, adeptos e amigos”, referiu o técnico na sua página oficial na rede social Facebook.

 

Com a promessa de nunca esquecer esta fase “marcante” na sua vida, Daniel Ramos destacou as “aprendizagens, vivências e emoções” passadas no emblema ‘verde rubro’, que serviram de “fator de crescimento e enriquecimento mútuo”.

“Juntos, fizemos um trabalho que só nos pode deixar orgulhosos. Estarei eternamente agradecido ao Marítimo, por me ter proporcionado a primeira experiência na I Liga”, vincou.

A concluir a mensagem de despedida, o técnico, natural de Vila do Conde, considera ter cumprido as suas obrigações e deixa uma palavra de apoio ao clube insular.

“Deixo a Pérola do Atlântico com sentimento de dever cumprido e desejo as maiores felicidades ao Marítimo. Obrigado, muito obrigado!”, acrescentou.

Daniel Ramos esteve no Marítimo quase dois anos, tendo chegado ao emblema maritimista em setembro de 2016 e tinha contrato até 2019, agora terminado, devendo rumar ao Desportivo de Chaves, para substituir Luís Castro.