Covid-19: LATAM retira 321 estrangeiros retidos na África do Sul para São Paulo

0
155

A companhia aérea latino-americana, LATAM, retirou hoje 321 estrangeiros retidos na África do Sul devido ao recolher obrigatório para conter o surto pandémico de covid-19.

O voo, com 321 passageiros a bordo, partiu na manhã de hoje do aeroporto internacional de Tambo, em Joanesburgo, com destino a São Paulo, Brasil, adiantou o canal de televisão sul-africano ENCA.

A tripulação da aeronave não foi autorizada a desembarcar à chegada a Joanesburgo.

Trata-se do primeiro voo de repatriamento de estrangeiros autorizado pelas autoridades sul-africanas, no âmbito das medidas de contenção anunciadas terça-feira pelo ministro dos Transportes, Fikile Mbalula.

A África do Sul está a organizar mais voos de repatriamento de estrangeiros retidos no país devido ao confinamento obrigatório de 21 dias, anunciou a ministra dos Negócios Estrangeiros sul-africana Naledi Pandor.

O Governo sul-africano encerrou na passada sexta-feira as fronteiras e o espaço aéreo por 21 dias, como parte de medidas excecionais para conter a propagação da doença no país.

O surto epidémico do novo coronavírus já causou cinco mortos e 1,353 casos positivos de infeção desde 1 de março na África do Sul, segundo as autoridades da saúde.