Convívio mensal da Academia do Bacalhau de Pretória com compadres da Academia-Mãe

0
79

Com uma presença a ultrapassar a meia centena de pessoas, número de que faziam parte os presidente das Academias do Bacalhau de Pretória, comendador Mário Ferreira e os membros do seu executivo, o vice-presidente Lino Faria e os tesoureiros Manuel Bento Teixeira e Emanuel Correia, o ex-presidente desta tertúlia, Tony Oliveira, o presidente da Academia Mãe em Joanesburgo, José Contente e o seu vice-presidente Jorge Araújo, o conselheiro da nossa embaixada e gerente da secção consular, Eduardo Rafael, o presidente da ACPP, Mário Jorge, e o honorário desta mesma colectividade, Manuel José, teve lugar na tarde de terça-feira última, 17 de Abril, no Café Continental desta mesma ACP de Pretória, o almoço de convívio mensal da Academia do Bacalhau desta mesma cidade.

 Depois de entoado o primeiro gavião do penacho a abrir o convívio, seguiu-se o almoço, que teve na sua ementa uma fartura de boas especialidades, desde o caldo verde servido à mesa, as entradas de muelas e fígados de galinha, e o self-service de bacalhau, camarão e galinha assada, com os respectivos acompanhamentos, grão-de-bico, batata cozida e frita, feijão-verde, cenouras, ovos cozidos e sa-lada, tudo uma fartura, que a juntar ao vinho tinto e branco pelas mesas e à sobremesa, as pessoas se podiam servir e repetir a seu belo prazer, com o pão caseiro ali saboreado, oferecido por Lino Faria, confecionado na sua Meyerpark Bakery.

 Depois das boas-vindas e agradecimentos às presenças ali naquela tarde pelo presidente da Academia de Pretória, comendador Mário Ferreira, com o pedido de desculpa pelo facto de por motivos im-previstos este convívio não ter sido feito como seria seu desejo, na terça-feira da semana anterior, e seguindo essa rotina marcar ali o próximo para 15 de Abril, neste mesmo res-taurante da ACPP, dando de seguida a palavra ao seu homólogo José Contente, da Academia Mãe de Joanesburgo, este que se fazia acompanhar do seu vice-presidente Jorge Araújo, com as bandeiras das duas Academias ali patentes lado-a-lado neste convívio, como que a testemunhar a amizade e cooperação que deve existir entre membros e directores destas duas Academias, separadas por pouco mais de meia centena de quilómetros.

 No seu breve improviso José Contente, depois de a todos saudar com amizade e manifestar a alegria de voltar a conviver com directores e compadres da Academia amiga de Pretória, agradecendo ao comendador Mário Ferreira a amizade e colaboração que por seu lado tem retribuído à Academia de Joanesburgo, esperando que essa boa cooperação entres ambas seja como deseja para continuar, deu a seguir conhecimento da abertura a 28 do corrente mês de Abril, da Academia do Bacalhau de Bordeus, em França, que por ordem será a número 59º, outras se seguindo num futuro breve, enumerando a propósito ali algumas de-las.

 A concluir a sua intervenção, José Contente deu conhecimento aos presentes, do congresso mundial das Academias do Bacalhau, marcado para Joanesburgo de 17 a 21 de Outubro próximo, com o convívio de despedida a ser organizado pela Academia de Pretoria, a todos pedindo como espera e deseja a sua presença e colaboração no evento.

 Depois do leilão do whisky ali realizado pelo presidente da tertúlia, das multas da praxe aplicadas pelo nomeado carrasco, Rui Príncipe dos Santos, e entrega por Mário Ferreira e José Contente, dos certificados de filiação aos novos compadres desta Academia de Pretória, Tomé Agostinho Fernandes Correia e Roland Stokhof, foi o convívio encerrado com a entoação pelos presentes, da marcha das Academias do Baca-lhau.