Convívio mensal da Academia do Bacalhau de Pretória

0
244

  Terá rondado as três dezenas de presenças, o almoço mensal de convívio organizado pela Academia do Bacalhau de Pretória, realizado na tarde da passada terça-feira, dia 1 de Dezembro, no Portugalo Restaurante, do centro comercial de Brooklyn, entre as quais o embaixador Manuel de Carvalho e o seu adjunto Manuel do Val; comendadores Joe Quintal e Mário Ferreira; Nina de Caires, do Chield Welfare do Tshwane; Augusto Baptista Rosa, da Casa Social da Madeira; e o presidente da Casa do Benfica, nesta cidade, José Brunido, este que ali desempenhou as funções de “carrasco”, além de outras conhecidas figuras da Comunidade.

  A abrir o convívio usou da palavra Tony Barbosa para saudar e agradecer a presença de cada um ali naquela tarde, com destaque para o nosso embaixador e seu adjunto, baseando as suas palavras no que tem sido em actividades esta Academia a que preside, como mais recente, o festival gastronómico realizado na Casa Social da Madeira, a deixar um lucro na ordem dos cem mil randes, divididos pelas cinco instituições que ali colaboraram.

  Com a parte pertencente a esta Academia a ser cedida aos “Lusíadas”, assim como o auxílio prestado à família de Tony Gonçalves, que antes de se fixar em Cape Town residiu em Pretória, e dado o infortúnio que lhe bateu à porta, a pedido do Rui da Academia do Bacalhau da cidade do Cabo, e não podendo deixar esta família na rua, a ele se ficando a dever este nosso envolvimento em ajuda, já que por vezes o trabalho é em si superior ao dinheiro, daí lhe endossar os seus parabéns, continuando:

  “Tivemos ultimamente um encontro onde uma artista portuguesa que hoje aqui temos connosco, Ancar Leite, participou nesse almoço de empresários, onde foram angariados vinte mil randes, para serem entregues na festa do “Natal da Criança” marcado para 6 do corrente mês de Dezembro, numa organização anual, que pelo seu significado se saúda, da Casa do Benfica, em Pretória”.

  Continuando a sua intervenção disse que “a Academia do Bacalhau de Pretória tem projectado um encontro intitulado de alegria e de festa com os idosos utentes do Lar S. Francisco de Assis, com a actuação de alguns dos artistas da nossa Comunidade que actuaram no dito festival gastronómico realizado na Casa Social da Madeira, que além de não levarem dinheiro pela sua actuação ali nesse dia, se disponibilizaram a participar neste dito espectáculo que venha a ser organizado a favor desses nossos velhinhos, a levar a efeito oportunamente, proporcionando-lhes alegres momentos de convívio, tendentes a atenuar a sua solidão”.

  Convidado a proferir algumas palavras, o embaixador Manuel de Carvalho começando por  saudar a todos, manifestando a alegria que sentia em voltar a ver este grupo de amigos, num ano que vai ficar na memória das nossas vidas, perante as restrições impostas, ao ponto de não nos podermos abraçar no cumprimento a que estávamos habituados, e assim irá continuar, não se sabendo até quando, a todos alertando a ter cuidado com esse perigo, dadas as graves consequências que já tivemos na Comunidade, e a que todos infelizmente continuamos a estar su-jeitos.

  “Na embaixada estivemos a funcionar na medida do possível, em relação aos portugueses que optaram por deixar este país, em que por não podermos financiar as viagens, ajudamos pelo menos em documentação, e de uma maneira ou de outra, mesmo confinados continuámos a manter em funcionamento os serviços em várias áreas, esperando que o 2021 seja melhor”.

  Pedindo aos que o ouviam a ter todo o cuidado, acreditando que a seu tempo melhores virão, para em relação à recente visita à África do Sul da Secretária de Estado das Comunidades, adiantar a respeito de possíveis apoios a algumas das nossas instituições:

  “Foi ocasião de uma equipa da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, com quem há um ano começamos a trabalhar, dar continuidade a um projecto de possíveis ajudas às nossas instituições, e se traduzem em planeamento de projectos com vista a melhorar o seu funcionamento e não te-rem dinheiro para os poderem executar, poderem ser ajudadas, mormente as quatro conside-radas principais em beneficência, como nesse prisma se enquadram o lar de idosos S. Francisco de Assis em Pretória, que já beneficiou de um novo gerador como alternativa aos constantes cortes de energia nessa sua área, assim como o Lar Rainha Santa Isabel e o Lusito, em Joanes-burgo, e o lar de idosos de Benoni.

  Essas representantes da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa que aqui se deslocaram, ficaram muito impressionadas com o trabalho sério que cada uma vem fazendo na sua área de actuação, daí se esperarem outras possíveis ajudas no futuro”.

  Ao felicitar a Academia do Bacalhau de Pretória, por ser a organizadora do Congresso Mundial das Academias em 2021, e certamente por ser este o último convívio deste ano prestes a chegar ao fim, desejou aos presentes e suas famílias umas boas festas de Natal, com votos para que o novo ano em que brevemente vamos entrar, seja melhor do que este que vai findar.