Convívio mensal da Academia do Bacalhau de Pretória

0
66

 Terá ultrapassado a meia centena de pessoas que marcaram presença ao almoço mensal de convívio, organizado pela Academia do Bacalhau de Pretória, realizado na tarde de terça-feira última, 21 de Maio, novamente no restaurante da ACPP, contando-se entre os presentes os sacerdotes Gilberto Teixeira e Lameque Michangula, da Igreja de Santa Maria dos Portugueses, em Pretória West e a presidente dos Lusíadas, Paula de Castro, além de outras figuras bem conhecidas da comunidade, assim como outras que de diferentes nacionalidades têm participado regularmente nos almoços mensais promovidos por esta mesma tertúlia.

 A abrir o convívio e depois dos agradecimentos do presidente, comendador Mário Ferreira, à presença de cada um ali naquela tarde, foi em sinal de respeito guardado um minuto de silêncio à memória de João Ferreira de Castro, falecido dias antes em Pretória, uma pessoa que não pode ser esquecida naquela casa pelo muito que no passado fez por ela, tal como seu genro José David de Sousa, um expresidente da Direcção, ali presente com seu filho Ricardo, este um jovem grande hoquista de grande valor da ACPP, após o que foi aberta a refeição, com a sopa de legumes servida à mesa e o “self-service” de trinchado, moelas de galinha, bacalhau em duas modalidades, assado e com natas, com os respectivos acompanhamentos, e alguma variedade de doçaria para sobremesa, com, o pão caseiro novamente oferecido pelo vice-presidente da Academia, Lino Faria, confeccionado na sua Meyerspark Bakery.

  Antes de nomear Lino Faria para “carrasco” na aplicação de multas da praxe neste tipo de convívios, o comendador Mário Ferreira deu a conhecer ter seguido para Moçambique, com destino à Academia do Maputo, que por sua vez encaminhará para a da cidade da Beira, o material escolar oferecido por esta Academia do Bacalhau de Pretória, para mais de quatro mil alunos daquela região devastada pelo recente ciclone, assim como a quantia em dinheiro de duzentos e oitenta mil randes para ajuda a outras prementes necessidades com que a população daquela área se debate.

 Com o aproximar do inverno na África do Sul, o comendador Mário Ferreira fez ali um apelo aos presentes, para caso tivessem cobertores, camisolas, casacos e outra roupa a mais, o favor de a fazer chegar, a fim de poderem ser distribuídas por tantas pessoas necessitadas, para assim lhes suavizar os rigores do frio, que certamente aqui se vai fazendo sentir nos próximos meses.

 Ainda noutro gesto louvável foi pelo presidente desta Academia, Mário Ferreira, entregue aos Freis Lameque Michangula e Gilberto Teixeira, uma quantidade de boa comida igual à que ali foi saboreada naquela tarde, destinada aos idosos utentes do lar S. Francisco de Assis, na paróquia de Santa Maria dos Portugueses, em Pretória West, a que pertencem esses sacerdotes.