Convívio mensal da Academia do Bacalhau de Pretória

0
83

 Terá rondado a meia centena de presenças, o almoço mensal de convívio organizado pela Academia do Bacalhau de Pretória, realizado na tarde de 11 de Julho, novamente no restaurante da ACPP, contando entre os presentes o conselheiro da nossa embaixada, Eduardo Rafael, o Frei Lameque, pároco da Igreja de Santa Maria, o comendador Joe Quintal, o presidente da Academia-Mãe, em Joanesburgo, José Contente, que se fazia acompanhar do seu vice-presidente Jorge Araújo e de Manuel de Arede, os presidentes da ACPP, o honorário Manuel José, e o do executivo, Mário Jorge, além de outras figuras bem conhecidas da comunidade, a par de outras que de diferentes nacionalidades têm marcado presença regular nos almoços mensais promovidos por esta Academia.

 A abrir o convívio usou da palavra o presidente desta Academia do Bacalhau de Pretória, comendador Mário Ferreira, para saudar e agradecer a presença de cada um ali naquela tarde, onde como voltou a frisar, são nestes almoços angariados alguns fundos destinados à beneficência, nomeando para “carrasco”, no bom sentido da palavra, José Cortizo, mais conhecido no meio desportivo, de que nesse âmbito é responsável pelo futebol da ACPP, por “Pepe”, para aplicação de multas da “praxe”, que habitualmente e em género de brincadeira são feitos nestes almoços, deles beneficiando pessoas que mais precisam na comunidade, para em relação ao motivo da mudança do almoço, de terça para quarta-feira, se dever ao facto do nosso embaixador ter alegado mais disponibilidade para a eles assistir neste dia da semana, certamente a isso se devendo, por informação tardia, alguma redução de membros, no almoço.

 Aproveitando a presença ali do seu homólogo de Joanesburgo, José Contente, a quem agradeceu essa sua disponibilidade, anunciando o próximo almoço da Academia de Pretória para 14 de Agosto, Mário Ferreira voltou a lembrar a colaboração planeada pela que lidera, para o congresso mundial das Academia do Bacalhau, a realizar de 17 a 21 de Outubro, este ano organizado pela Academia-Mãe, que simultaneamente come-mora os seus cinquenta anos, com o encerramento do congresso a ter lugar em almoço promovido pela Academia de Pretória, na ACPP, para o que pediu a colaboração dos compadres e comadres da Academia que lidera na capital sul-africana, para juntamente com os membros da organizadora e congressistas das várias Academias que para o efeito se deslocam à África do Sul, se confraternizar condignamente.

 Antes de dar por encerrado o almoço que ali decorria em agradável ambiente, com o pão caseiro oferecido por Lino Faria, confeccionado na sua Meyerspark Bakery, Mário Ferreira agradeceu a José dos Reis, de Cape Town, a oferta da centena de garrafas de vinho, procedendo a seguir ao leilão de algum whisky, que a juntar ao pagamento indivi-dual estipulado para a refeição, a deixar certamente receita satisfatória.