Convívio da Liga da Mulher Católica da Igreja de Santa Maria em Pretória

0
95
Convívio da Liga da Mulher Católica

Convívio da Liga da Mulher CatólicaNa manhã da penúltima quinta-feira, 18 de Novembro, e organizado pela CWL/Liga da Mulher Católica, ligada à igreja de Santa Maria dos Portugueses, em Luttig Street, de Pretoria West, teve lugar no salão de festas da paróquia, o convívio anual natalício destinado a idosos, em que além dos residentes no Centro de Dia S. Francisco de Assis, participaram também os internados no Holy Cross e no Margriet Ackermans Old Age Home, a todos sendo proporcionado no decorrer da confraternização, pelas crianças da creche Imaculada Conceição, um espectáculo infantil alusivo à quadra que se começa a viver.

 Neste mesmo convívio actuaram também um grupo formado por empregadas do Centro de Dia S. Francisco de Assis, e Damião de Freitas, que proporcionaram a todos esses ve-lhinhos alegres momentos de distracção, sublinhados com grandes salva de palmas. Para além das várias canções do seu reportório, Damião de Freitas que na véspera havia chegado de férias de Cape Town, cedeu para as actividades ali levadas a efeito, a sua aparelhagem sonora.

  A abrir esta manhã de convívio, foram as boas vindas dadas a todos os idosos a quem esse encontro era dedicado, por Frei Gilberto Teixeira, pároco dessa igreja de Santa Maria, com palavras de apreço para as senhoras da “CWL” que promoveram a confraternização, para no encerramento desta jornada de solidariedade o pre-sidente do conselho paroquial desta mesma igreja, Ivo de Sousa, dirigir ali al-gumas palavras alusivas ao significado deste conví-vio natalício, para na sua intervenção saudar todos os idosos ali reunidos, e elogiar quem o promoveu, a “CWL”, para em relação ao espectáculo musical dar relevo ao trabalho das res-ponsáveis pela creche na preparação das crianças, e destacar a presença de Damião de Freitas, que para o efeito e a propósito regressara na véspera da cidade do Cabo, onde fora passar alguns dias de férias, finalizando o seu improviso com votos de boas festas de Natal e os desejos de um feliz ano novo de 2011 para todos.

 De salientar que o convívio natalício que anualmente é feito nesta igreja de Santa Maria com todo o carinho nesta quadra, se deve ao empenho de todas as senhoras que fazem parte desta “CWL”, na confecção do sortido de comida, desde rissóis, croquetes, panados, salgados, Lasanha, pizas, sumos, variedade de fruta, doçaria para a sobremesa, que trouxeram para esta refeição, onde não pode ser es-quecida Maria Pombo, que para angariação de alguns fundos para suportar certas despesas, organizara recentemente uma excur-são a Sun City.

 Digno de registo também, o empenho, a alegria, o carinho e a atenção que cada membro desta Liga da Mulher Católica dava a cada idoso que ali convivia, uma grande parte em cadeira de rodas, não falando da despesa feita por cada uma delas na aquisição de condimentos, e no tempo que perderam a preparar os alimentos de que se fizeram acompanhar para este convívio, oferecido pelo que ali vimos , com muito amor, bem demonstrativo do espírito de solidariedade com que estas senhoras se entregam em prol do bem comum.

 Para além do lanche com que foram obsequiados, e das lembranças ali recebi-das, todos esses idosos le-varam consigo uma embalagem com sortido de comida previamente preparada para comerem à noite, ou no dia seguinte, todos dali saindo radiantes com essa franqueza.
 A título de curiosidade, transcrevemos aqui o hino dedicado ao Centro de Dia S. Francisco de Assis e ali entoado a abrir este convívio, com a seguinte letra:

REFRÃO

S. Francisco de Assis
Santo jovial, alegre e feliz
És o nosso protector, e aqui nos acolhes
Com teu terno amor
À sombra do teu manto,
Sente-se encantado e a paz de Assis
Neste lar que é nosso ninho,
 Estreitamos laços de amor e carinho.
Deixamos nossos lares,
Tudo o que mais amamos,
Um passado risonho,
E mil recordações,
Buscamos o sossego,
Paz e tranquilidade,
À sombra do teu manto’
Santo da bondade.

Teu lema “Paz e Bem”,
Queremos aprender e sob o teu olhar,
Ensaiar praticar,
Viver em amizade, paz e tranquilidade,
Dando-nos sempre as mãos,
Como bons irmãos.

Na dor e desventura,
Ser um ombro amigo,
Onde o irmão que sofre,
Sempre encontre abrigo,
Sorrir ao que está triste,
Com carinho fraterno,
Ser afago e ternura,
Nas horas de inverno.