Conselho de escola que integra docentes portugueses distinguido no Centro de Moçambique

0
79
Conselho de escola que integra docentes portugueses distinguido no Centro de Moçambique

O conselho da escola secundária da Jecua, em Manica, centro de Moçambique, que integra docentes portugueses, ficou em 1º lugar numa classificação governamental de “melhor gestão” escolar, disse fonte do estabelecimento.

 João Amisse, presidente do Conselho da escola de Jecua que sucedeu à portuguesa Bernardete Sengler, disse que a distinção foi “merecida”, considerando que a prioridade da instituição é conciliar a gestão e a dinâmica escolar, para o bom desempenho de professores e alunos.

 “O nosso sucesso está no facto de mostrar o trabalho para pedir contribuição dos encarregados de educação. Ou seja, eles veem aquilo que estamos a fazer, acreditam no projecto e contribuem”, disse João Amisse, que se manifes-tou surpreendido com a distinção.

 A escola secundária da Jecua, a maior a nível do distrito de Manica, na província com mesmo nome, funcionava, até 2012, numa missão católica local, onde freiras portuguesas leccionavam técnicas pedagógicas.

 “Das contribuições de dois anos construímos, de raiz, uma sala para informática e outra para biblioteca, pois os alunos despendiam muito tempo para frequentar estes locais, que estavam distantes da escola por falta de salas”, precisou João Amisse, mos-trando-se disponível para transmitir experiência a outras escolas da região.

 A distinção, do nível nacional, ocorreu durante a I reunião nacional conjunta da direção nacional de Ensino Secundário Geral, Ensino Técnico Profissional e administração das qualificações, ligados ao Ministério de Educação, realizada em Manica, centro do país.

 Uma escola de Maputo (sul) e outra de Nampula (norte) também mereceram distinção pelo seu desempenho.

 Ainda segundo a fonte, neste momento está em conclusão um campo polivalente no re-cinto da escola, no bairro 7 de Abril, e perspectiva-se a construção de mais quatro salas de aulas, para a alargar o es-tabelecimento de ensino.