Compadres da Academia do Bacalhau de Joanesburgo doaram 20.000 randes

0
78
Compadres da Academia do Bacalhau de Joanesburgo doaram 20.000 randes para tratamento de portuguesa com cancro

Compadres da Academia do Bacalhau de Joanesburgo doaram 20.000 randes para tratamento de portuguesa com cancroNo almoço semanal de quinta-feira passada, na Adega do Monge de Kensington, o presidente da Academia do Bacalhau de Joanesburgo, comendador Rudy Gallego, pôs à consideração dos compadres o caso de uma portuguesa afectada por cancro e que necessita com urgência de 20.000 randes para dar continuidade ao tratamento cíclico de quimioterapia.

O dr. S. D. Moodley, médico oncologista do Donald Gordon Medical Centre, da Universidade da Wits, certificou a 3 de Julho de 2009 que “Celina Fernandes foi diagnosticada  com cancro de fígado após biópsia em Julho de 2007 e já foi tratada com seis ciclos de quimioterapia. Infelizmente a doença recorreu, pelo que a paciente necessita de mais seis ciclos de antracilina por quimioterapia”.

O presidente da Academia do Bacalhau de Joanesburgo avançou de imediato com doação pessoal de 10.000 randes através da sua Fundação Rudy Gallego. Gerou-se então um movimento de solidariedade entre os compadres: Manuel Arede fez o donativo de 1.000 randes; verba idêntica oferecida por Carlos Borges, Manuel Silva e Ivo de Sousa (presidente da tertúlia de Pretória); João Carreira doou 500 randes; Duarte Silva ofereceu 2.500 randes e Nelson Reis, com 3.000 completou os 20.000 randes, cobrindo-se assim a importância para os dois tratamentos necessários (7.000 randes cada) e 6.000 randes para custear os respectivos medicamentos.